Ludimilla Oliveira
Mossoroense, é Professora da UFERSA, atua na área interdisciplinar, Doutora em Arquitetura e Urbanismo, pesquisadora, escritora, é sócio- correspondente da União Brasileira de Escritores UBE-RJ, pertence aos quadros da Associação de Escritores de Mossoró – ASCRIM, da Associação Litero-Artística de Mulheres Potiguares – ALAMP, é sócia efetiva, cadeira 148 do Instituto Histórico e Geográfico do RN, é imortal cadeira 37 da Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró – ACJUS, é imortal cadeira 23 da Academia Mossoroense de Letras – AMOL.

O mito da eficiência na Universidade Pública

Ludimilla Oliveira é Reitora da UFERSA Pensar em fazer gestão nas Universidades, é enfrentar o desafio de equacionar a governança pública e a implementação de seus processos com a necessidade de viabilizar e articular peculiaridades do processo de trabalho, que vão além do cumprimento de objetivos e metas, pautados numa proposta estratégica de…
Leia mais...

O enigma em ser mulher!

Ludimilla Oliveira é reitora da UFERSA Para algumas mulheres, a rotina começa logo na madrugada. É hora de preparar a refeição do dia, organizar os afazeres domésticos e embora o semblante de muito trabalhar seja expressivo, é preciso passar todo o ânimo, coragem para seguir e fé que tudo vai cooperar para o bem. É a lição que será dada…
Leia mais...

A combustão do conhecimento, nas universidades

Ludimilla Oliveira é reitora da UFERSA Não é nenhuma novidade, afirmar que estudar produz conhecimento, que a pesquisa impacta vidas com seus resultados e a extensão de tudo isso é uma sociedade, transversalizada por melhorias, baluarte da metamorfose sine qua non para os que almejam vencer, com méritos, com honras, enobrecimento com…
Leia mais...

Vilipêndio ou Democracia

É tempo que se pode tudo em todos, é tempo de asfixiar mesmo com oxigênio, de constranger e de determinar nenhum segundo de paz! Delimitar usos e espaços, usar palavras de ordem e isso não é autoritarismo, e sim democracia. Porque quem não congrega da egrégora criacionista, dissimulada, então a ela não pertence. É a democracia clamando em alta voz:…
Leia mais...

2020, o ano que Deus, mudou tudo de lugar!

Ludimilla Oliveira é Reitora da UFERSA Foi tudo muito rápido, o carnaval já tinha terminado no Brasil  e muitos planos, sonhos, projetos, idealizações que levaram horas de planejamento foram bruscamente interrompidas. O ser humano, foi desafiado a entender que era simplesmente humano, limitado, dependente e com pouco fôlego. E, subitamente…
Leia mais...

Unus quisque mavult credere, quam judicare

Ludimilla Oliveira é Reitora da UFERSA Qualquer um prefere crer, do que julgar por si mesmo. A expressão latina nunca foi tão adequada em tempos que a convivência pacífica é rara, que o respeito  a dignidade da pessoa humana é cerceada pela visão reducionista, por vezes alienante e turbada pelas agruras inebriadas da alma egoísta ,…
Leia mais...

O semiárido é tão simples, que é importante!

LUDIMILLA OLIVEIRA É REITORA DA UFERSA O cenário é mesmo encantador e nos desafia, ora quando tudo parecer ter fim é apenas o recomeço. Assim, é a paisagem seca, de aspecto rosado, caules retorcidos, folhas caducas e espinhos é preciso resistir a estiagem com muita esperança e nossa natureza sabe muito bem. Nem precisa tanta chuva que o lugar…
Leia mais...

Os kamikazes da alma!

LUDIMILLA OLIVEIRA - Reitora da UFERSA Nenhum segundo de paz! O lema é o jargão fomentador, alimento diário de verdadeiras facções criminosas que agem silenciosamente para matar cada segundo de vida, de pessoas que são escolhidas como alvo para o front de ataque. Na verdade, assim como Érico Veríssimo parou para observar e pensar a fúria cega…
Leia mais...

Um exórdio para Galileu

Ludimilla Oliveira é Reitora da UFERSA Naquela manhã de 09 de novembro de 1992, acordei cedo e o sentimento que invadia meu ser, tinha um misto de alegria, medo, ansiedade e fé. Logo percebi que meu corpo frágil, após nove meses de uma gestação de alto risco, que começou aos 16 anos e com pouco mais de 17 anos, não era o mesmo. Às poucas…
Leia mais...

Quando o fim, pode ser apenas o começo!

Ludimilla Oliveira é Reitora da UFERSA Genuflexa ao infinito contemplei a intrepidez do âmago diminuto dos seres humanos, quando insistem em demarcar o tempo, o futuro das coisas e das pessoas.  São os devaneios da incipiente condição de existência, que lutam contra a maior força: o destino desconhecido, que se chama amanhã. Embora, a lei da…
Leia mais...
1 De 4
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support