Ludimilla Oliveira
Mossoroense, é Professora da UFERSA, atua na área interdisciplinar, Doutora em Arquitetura e Urbanismo, pesquisadora, escritora, é sócio- correspondente da União Brasileira de Escritores UBE-RJ, pertence aos quadros da Associação de Escritores de Mossoró – ASCRIM, da Associação Litero-Artística de Mulheres Potiguares – ALAMP, é sócia efetiva, cadeira 148 do Instituto Histórico e Geográfico do RN, é imortal cadeira 37 da Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró – ACJUS, é imortal cadeira 23 da Academia Mossoroense de Letras – AMOL.

Na direção certa!

LUDIMILLA OLIVEIRA -  Reitora da UFERSA Insta-nos dizer que a palavra direção etimologicamente falando, está ligada ao ato de governar, guiar. A determinação nos coloca no centro das situações e a sua essência nos revela que: o centro se refere, aos pontos equidistantes numa circunferência. Então, dirigir num plano circular e universo,…
Leia mais...

Seria Jerusalém o avesso, do avesso, da gentrificação?

POR: Ludimilla Oliveira - Reitora da UFERSA Fenômeno que tem se evidenciado no espectro urbanista, com a reinvenção das vivências espaciais, sobretudo orientadas pelo embelezamento estratégico, a gentrificação, tem sido percebida por meio das intervenções, delineadas em diferentes frentes: quer seja pela renovação, revitalização,…
Leia mais...

Deus está no comando

Em alguns momentos da nossa vida é comum ter medo e sentir-se solitário. Porém, nunca estamos sós. Pois, dentro do nosso coração podemos sentir a presença de Deus. O pulsar forte e único é um sentimento individual e nos torna seres em alguns instantes frágeis e sensíveis. Já que, existem ocasiões que algo invade o nosso ser e dessa maneira,…
Leia mais...

Os caminhos que levam aos axiomas e teoremas na vida

Oxalá o Deus de Israel! Soberano, eterno e sublime nos inspire, seja nosso guia e nos revele nas alas reservadas e ocultas da alma a plenitude da felicidade, da paz e a sua vontade em nossas vidas. Porque, ela sempre será: boa, perfeita e agradável. Lenitiva e a pensar, entendi que os mistérios e as novidades inolvidáveis são divinamente…
Leia mais...

Sobre a prisão e a ágora, o que dizer…

Numa das minhas visitas a uma unidade prisional, para um trabalho que realizo há algum tempo, fiz algumas meditações, enquanto observava os que por trás das grades estavam. Dentre elas, o que aprisiona realmente o ser humano e quais os cadeados precisam ser quebrados, para se ter o que se chama liberdade. Um ponto que destaco: dependendo, da…
Leia mais...

53 anos de história ESAM-UFERSA: a UFERSA faz 15 anos

Dos rincões do semiárido para o mundo, a Escola Superior de Agricultura de Mossoró – ESAM, precisa de muitas linhas para registrar sua gênese, sua trajetória de vida e um legado para a humanidade, direto do enigmático país de Mossoró. “Nas crônicas da gente brasileira, queremos um lugar pra Mossoró. Cidade centenária e pioneira desbravadora…
Leia mais...

Sobre ser mulher empoderada, aos 45 anos!

Aprendi a entender, que o espaço de crescimento na sociedade para uma mulher é ainda um imensurável desafio. A resiliência, a sensibilidade, a coragem, os valores e princípios são fortes aliados no campo da determinação, em sua lida diária. O empoderamento de uma mulher, é inerente à sua essência. Mas, foi materializado   a partir de princípios…
Leia mais...

Uma ode às lágrimas e a alegria!

Há um caminho que começa com um sonho, Ele segue até aos encantos, mesmo quando estamos tristonhos. Há uma curva que divide esse caminho, chamada sentimento. Por vezes, os revezes do caminho, te fazem chorar e até lamentar. Mas, quando a curva chega ao fim; O caminho é a certeza que a alegria bem perto está. Os rumos seguidos, nem…
Leia mais...

No diapasão da vida, algumas lições

Ser o alento acolhedor na hora da dificuldade é característica inerente para alguns. Nem todas às pessoas conseguem ser sensíveis aos problemas que não são seus. O doar, o amar e o fazer sem saber a quem são dádivas, ou melhor, dons escolhidos divinamente. Cada ser humano, possui em sua essência inúmeras lições. E, aqui o destaque vai para a…
Leia mais...

Tolstoi em crônica, por algumas palavras

Acerca das muitas reclamações e até inquietações das pessoas, especialmente nas redes sociais, tenho feito uma análise. De sorte, que a popularização e a rapidez da informação, faz perder de vista algumas ideias e às vezes, nem sequer são lidas. Estou me referindo à atitude de reclamação sem ação, ideologia com discursos prontos e jargões, que não…
Leia mais...
1 De 2