Coisas que se foram antes
Amós Oliveira é mossoroense, médico, servidor público federal aposentado.

TEATRO ALBERTO MARANHÃO

Os Arabescos de seus portais introduzem à placidez de seu jardim interno, com estátuas e luminárias que remetem à época de fundação mais de cem anos atrás. Daí para seu interior, onde a decoração mesmo simples, não deixa de exprimir o ar majestoso dos teatros, sobretudo nos balcões de seus camarotes.  Especialistas definem o estilo arquitetônico da…
Leia mais...

DO QUE SE TRATA

A dinâmica histórica das cidades compreende transformações, naturais ou nem tanto, e algumas delas são sentidas como perdas, evitáveis ou inevitáveis, objetivas ou apenas percebidas no universo sentimental que plasma o espírito das urbes. Quando um cenário de pandemia paralisa atividades, interrompe projetos, compromete estruturas de negócios…
Leia mais...