Coisas que se foram antes
Amós Oliveira é mossoroense, médico, servidor público federal aposentado.

RODOVIÁRIA VELHA DE NATAL

Quando o microfone do serviço de autofalantes era ligado o que se ouvia eram todas as misturas de sons desagradáveis resumida no termo ruído: chiado, pipocado, apitos agudos e por aí vai. A rodoviária da Ribeira, na verdade, não era tão velha assim. Inaugurada em 1963 só contava 18 anos quando foi desativada em 1981. Passou a ser conhecida como a…
Leia mais...

O FASCÍNIO DA ORATÓRIA

O Conselheiro Acácio de “O Primo Basílio” e o Professor Astromar de “Roque Santeiro” são exemplos da oratória envolvente que dava àqueles que dominavam a arte da retórica, aprendida desde os tempos da Grécia antiga, status de celebridade, de indivíduo superior, nos salões da sociedade e salas acadêmicas. A oratória pomposa, completada por gestos e…
Leia mais...

EXAME DE ADMISSÃO

O resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) habilita estudantes a buscarem em extensa lista de cursos e estabelecimentos educacionais espalhados no território nacional a oportunidade de entrar para uma faculdade. O antigo vestibular, ainda adotado por algumas instituições, era mais restritivo, pois a chance limitava-se a uma escola…
Leia mais...

REVISTA “O CRUZEIRO” 2

O Brasil e o mundo estavam nas matérias da revista “O Cruzeiro”. Dentro do país, era natural a maior cobertura aos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, cujas forças, econômica e política, resultavam no eixo político da vida da nação. A cidade do Rio era a Capital do Brasil o que por si só explica a ascendência sobre as demais. Rio…
Leia mais...

REVISTA “O CRUZEIRO”

O conglomerado jornalístico “Diários Associados” foi um dos dois maiores que já existiram no Brasil. O maior no seu tempo, sem dúvida. Uma rede de jornais, revistas, rádio e televisão, além de agência de notícias. No seu comando, a figura também superlativa no que se refere às discussões e polêmicas que marcam sua personalidade, o paraibano…
Leia mais...

OS GRANDES BINGOS

Espalhou-se como onda pelo Brasil dos anos 1960, principalmente em cidades médias, um tipo de jogatina que atraia jogadores pela possibilidade de ganhar prêmios valorosos com pequeno “investimento” e pela emoção do modo direto de participar do sorteio. Nesse modelo, de 15 a 20 minutos se passam entre a chamada do primeiro e último número, do…
Leia mais...

OUTRAS COPAS 2

Outras Copas podem ser relembradas, também, através de organização e regras que mudaram aqui e ali. Mudanças restritas à competição ou interessando ao futebol em geral, até campeonato de várzea. Alteração relevante ocorreu com o número de seleções na Copa. A primeira contou com apenas 13. No início da série atual eram 16. Passou para 24 e chegou…
Leia mais...

OUTRAS COPAS

Começou em 1930. mas antes de embalar, propriamente, os perrengues da Segunda Grande Guerra interromperam essa guerra menos traumática, disputada sobre um tapete de grama, por craques de futebol. E esse esporte desde então foi se tornando o mais conhecido, entendido, discutido e jogado ao redor do mundo, dos grandes estádios aos campinhos…
Leia mais...

CINEMA COMO HÁBITO

O hábito de ir ao cinema não deixou de existir, mas mudou. Vamos tomar como recorte, para breve análise, cidades pequenas e médias como as que conhecemos aqui no RN e que começaram a ver televisão na última metade dos anos 60. A plateia nas salas de exibição caracterizava-se pela ampla heterogeneidade. De classes sociais de nível intelectual e…
Leia mais...

LANCHONETE DO CHAPINHA

Plantada mais ou menos ao centro da Praça André de Albuquerque, lugar exato onde fora o coreto, era uma das lanchonetes mais conhecidas de Natal do final dos anos 1960 e década seguinte. O grande movimento durante dia intensificava-se mais ainda à noite, a clientela predominante moradores da região central, incluindo considerável número de…
Leia mais...
1 De 13
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support