Responsabilidade dos candidatos com a biossegurança

Não vou entrar no mérito da necessidade ou não da realização da campanha eleitoral. Mas uma vez que ela esteja sendo realizada, é importante tecermos algumas considerações acerca do comportamento e responsabilidade dos candidatos com a prevenção e combate ao novo coronavírus.

Autorizada a campanha, era esperado que houvesse as aglomerações que tem sido registradas. Quem pensou diferente, certamente não conhece como o povo brasileiro se comporta em eleições. Será difícil, talvez impossível, regular a forma como os eleitores se comportam nessas movimentações eleitorais. Exemplos não faltam de como as regras de biossegurança tem sido desrespeitadas.

Diante disso, aumenta a responsabilidade dos candidatos. Estes precisam se colocar como exemplo. Ontem à noite, num bairro periférico da cidade, um candidato a vereador realizava caminhada com sua comitiva. E, absurdo dos absurdos, não havia ninguém de máscara. Nem o candidato. Não vou citar o nome para não tornar a questão pessoal, porque a situação é grave.

Considerando a situação de pandemia, deveria a Justiça Eleitoral tem editado resolução com punições graves aos candidatos que desrespeitam as medidas de segurança de saúde. Infelizmente, na busca pelo voto tem se arriscado até a vida. Dos outros, claro.

DEUS, PÁTRIA E FAMÍLIA

Tem muito candidato apresentando essa tríade como sua grande bandeira de campanha. Sinal de que não tem nenhuma proposta para apresentar.

 

UNGIDO NA DISPUTA

O professor Eduardo Nascimento publicou em suas redes sociais que o deputado Allyson Bezerra (Solidariedade) vem sendo apresentado – ou se apresentando – como um enviado de Deus para ser o prefeito de Mossoró. Um anjo. Um santo. Uma divindade. Já sabemos o que temos sofrido quando a maioria do povo decidiu votar em alguém “tão abençoado”.

SEM SENTIDO

Tenho dificuldade de acreditar que alguém leve a sério os discursos apresentados pela maioria dos vereadores que tentam e reeleição em Mossoró. Tem de tudo, menos verdade.

TOINHO SILVEIRA

Falar em candidato, lembrar que o colunista social Toinho Silveira busca uma vaga na Câmara Municipal de Natal. É filiado ao Partido Socialista Brasileiro (PSB).

DISSE TUDO

O ministro das Comunicações, potiguar Fábio Faria (PSD) disse que a privatização dos Correios tem o objetivo de facilitar a entrega da empresa. Exatamente isso: entregar o patrimônio do país à iniciativa privada.

DÉCIMO TERCEIRO

Não teve pandemia nem dificuldade financeira que fizesse a governadora Fátima Bezerra (PT) abandonar o seu compromisso com o servidor público do Rio Grande do Norte. Enquanto teve gestor que aproveitou a pandemia para se livrar de responsabilidades com o funcionalismo, Fátima fez o contrário. E sábado passado, pagou 40% do décimo terceiro salário do servidores estaduais. Pontos ara a petista.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...