Nós nunca escolhemos vacina

*Por Márcio Alexandre

O jornalista Leonardo Sakamoto revelou, em sua coluna no Uol, que cerca de 14% da população brasileira acredita em tudo o que o presidente Bolsonaro diz. Gente que age como gado. É dessa parcela dos brasileiros que saem aqueles que criticam a ciência, reproduzem a canalhice de que a Terra é plana e, pior, criminosamente boicotam a vacina. 

Repercuto essa informação para analisar uma afirmativa feita pela médica Carla Domingues, que coordenou por oito anos o Programa Nacional de Imunização (PNI). Ela disse: nós nunca escolhemos vacina. ”Nos vacinamos, vacinamos nossos filhos sem perguntar sobre qual laboratório produziu a vacina”, afirmou. Carla não poderia ter sido mais feliz em sua observação. Há décadas que as vacinas são aplicadas no Brasil tendo contribuído muito para erradicar muitas doenças e para aumentar a expectativa de vida do brasileiro. De repente, por obra e graça de criminoso que chegou à Presidência da República, começa-se a colocar em desconfiança algo tão importante. É necessário que mais vozes como a de Carla Domingues sejam ecoadas. Para o bem de todos. Ao mesmo tempo, precisamos silenciar a voz de quem joga contra a saúde púbica.

BIA KICIS

Lamentável a forma autoritária com que a deputada federal Bia Kicis (PSL/DF) comanda a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Absurda até.

JANAÍNA PASCHOAL

Uma das autoras da peça jurídica do impeachment da presidenta Dilma Roussef (PT), a deputada estadual Janaína Paschoal (PSL/SP) diz que apoio a volta do voto impresso Lamentável postura tão retrógrada de parte dos parlamentares brasileiros.

DEPUTADO FANFARRÃO

É o mínimo o que se pode dizer do deputado estadual Albert Dickson (PROS/RN). O parlamentar vive de divulgar campanha pelo uso da cloroquina e ivermectina para tratamento precoce da covid, mas se vacinou contra a doença. Coisas do Rio Grande do Norte.

EX-DEPUTADO FANFARRÃO

Betinho Rosado (PP) utiliza o celular da Câmara Federal. O detalhe é que embora o chip seja cadastrado no gabinete do filho (Beto Rosado, aquele que usurpou o mandato de Fernando Mineiro – PT), Betinho não é funcionário do gabinete. Pra piorar, Betinho ainda utiliza o aparelho para espalhar fake news.

CPI DA PANDEMIA

O presidente da CPI da Pandemia, deputado Omar Aziz (PSD/AM), titubeou semana passada e não aceitou o pedido de prisão contra Fábio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação da Presidência da República. Para reparar esse erro, e se quiser acertar o rumo da investigação, a CPI precisa aprovar a convocação de Carlos Bolsonaro, filho do presidente Bolsonaro com forte ingerência na gestão do pai. Inclusive no processo da não compra de vacinas pelo Governo Federal.

STYVENSON VALENTIM

Falar em Senado, o senador potiguar Styvenson Valentim (PODEMOS) é o vice-presidente da Comissão Provisória Covid. Ele é o vice-presidente do colegiado.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...