Um povo sem rumo

O Brasil vive uma ditadura. Grande parte da população sabe disso. E muitos dos que tem certeza desse fato parecem estar contentes com isso. Sempre se imaginou que a volta dos tempos de chumbo seria com a força da pólvora. Ainda não foi preciso. Com grande parte da população servindo de massa de manobra por quem está no poder, não se vislumbrava que a ditadura que viuvemos comece a mostrar sua face mais cruel e sombria. Parecia que seria assim até que tenhamos uma eleição em que Bolsonaro saia perdedor.

Um fato novo ganhou as ruas sexta-feira passada: a libertação do ex-presidente Lula. Vítima de um processo sabidamente ilegal, Lula ganhou a liberdade após o Supremo Tribunal Federal dizer o que deveria ser dito: o artigo da Constituição Federal precisa ser cumprido.

Embora Lula não venha a ser candidato nas próximas eleições de 2020, sua participação terá peso decisivo. E, claro, isso o credencia a ser um nome forte para 2022. Bolsonaro sabe disso e, já começa a dar sinais de que vai fazer de tudo para incriminá-lo. O presidente sabe que Lula não tem medo sequer de seu histórico de envolvimento com milicianos e de suspeição na participação da morte de Mariele Franco.

Sabe também que sua tática de fazer bravatas e propagar mentiras tem sido vitoriosa, até agora. Exemplo disso é que sua selvagem milícia digital tem aberto pesada artilharia contra o STF por fazer aquilo que é sua obrigação: respeitar a Constituição.

Sem buscar se aprofundar no assunto, ou pelo menos conhecer algumas questões relativas ao Direito, parte da população, claramente sem rumo, reproduz o discurso raivoso contra o STF, a democracia e a esquerda. Muitos dos ferozes críticos do Supremo não sabem a diferença entre prisão-pena e prisão cautelar, mas achincalham a mais alta Corte do país. A serviço de um governo que alimenta o ódio em parcela da população para tirar de todos o direito a direitos.

BRINCADEIRA PERIGOSA

Uma adolescente de 16 anos faleceu hoje, em Mossoró, vítima de traumatismo craniano. O traumatismo foi causado durante uma brincadeira. Ela e dois colegas tentavam reproduzir uma brincadeira que está sendo disseminada nas redes sociais e na qual duas pessoas tentam fazer uma terceira girar de ponta cabeça. Uma das pessoas que a segurança não suportou o peso e ela caiu, batendo a cabeça no chão. O fato aconteceu quinta-feira passada e a adolescente veio a óbito na tarde desta segunda-feira. Tinha 16 anos. Um alerta para os pais.

 

MILÍCIA BOLSONARISTA

É no twitter que a milícia bolsonarista mais tem agido e, com isso, conseguido maior sucesso em seu intento de espalhar mentiras e/ou propagar ódio.

ROSALBA RECUA

A prefeita Rosalba Ciarlini solicitou de volta à Câmara Municipal projeto de lei complementar 140/19 por meio do qual pedia autorização para criar 30 novos cargos comissionais, o que geraria uma despesa mensal de R$ 40 mil reais. Vale lembra que a prefeita alega que o município está em crise, inclusive ainda não quitou a folha de pagamento de outubro. Rosalba deve reenviar o projeto quando a poeira das críticas pesadas à proposta baixar.

Notícias semelhantes