Cala a boca, presidente

Tenho pouco conhecimento do que fazem os integrantes das Forças Armadas. Embora tenha servido o Tiro de Guerra, as coisas que ali aprendi não me permitem fazer juízo de valor sobre o cotidiano dos soldados e oficiais que integram o Exército, a Marinha ou a Aeronáutica.

E por mais que haja críticas as mais diversas aos altos salários, às gordas pensões e à suposta falta de atividades práticas desenvolvidas por esses profissionais, não considero justo que se generalize e se pense que nas Forças Armadas ninguém trabalhe ou não produza nada.

Esse mesmo sentimento deveria nortear o presidente Bolsonaro ao se referir a qualquer profissional. Aliás, pelo histórico enquanto integrava o Exército e pelo nível de instrução que o nosso presidente insiste em ostentar, ele não demonstra capacidade para fazer avaliações sequer sobre a instituição da qual participou. Fazer elucubrações, ameaças e acusações levianas contra professores, então, foi um disparate monumental.

Bolsonaro não sabe nada de ensino, de escola, de educação, de planejamento pedagógico, de teorias de aprendizagem, de cognição. E por mais que seu projeto seja destruir a educação do país, falta-lhe um mínimo de decência para falar de qualquer tema.

Pelos 28 anos que passou no Congresso sem produzir quase nada, decididamente Bolsonaro não sabe o que é trabalho. Por sua habitual fala de compostura, não entende nada de educação. Por sua latente falta de cultura, fica evidente que quase nada aprendeu no tempo em que esteve nos bancos escolares. Durante toda sua vida, a única coisa que esse cidadão parece que aprendeu foi a ser ruim. E tenho certeza: não foi na escola.

 

FUNCIONAMENTO DOS SUPERMERCADOS

Desde que passaram a abrir aos domingos, os supermercados tem funcionamento quase ininterrupto, fechando muito pouco suas portas. Para o restante dos feriados desse ano, os horários de abertura das lojas estão definidos. O único dia em que os supermercados vão fechar as portas é em 25 de dezembro. Nos demais feriados, será da seguinte forma: 12 de outubro, até as 20h; 2 de novembro, até as 20h, 15 de novembro, até as 13h; 13 de dezembro, até as 13h, 24 de dezembro, até as 19h, e 31 de dezembro, até as 19h.

ATRAÍDOS E TRAÍDOS

Os motivos que fizeram muitos vereadores a migrar para o partido da prefeita Rosalba Ciarlini são aqueles que vão à parte mais sensível do corpo humano. Apesar da oferta ter sido encarada como sendo irrecusável, o arrependimento da maioria é grande. Por dois motivos: a chapa ficou pesada demais, e os motivos prometidos ainda não se efetivaram.

SERÁ POSSÍVEL?

Anda há quem acredite que duas chapas de oposição poderão se fundir para formar uma, em Mossoró. Conversas existem. Até 15 de novembro, muita coisa pode acontecer.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...