ATUAÇÃO

Ufersa apresenta propostas para trabalho na área da saúde e ações afirmativas

Ideia é atender comunidades localizadas em áreas de difícil acesso oferecendo serviços básicos com ações de educação e saúde

As comunidades indígenas, quilombolas e ribeirinhas localizadas na área de atuação da Universidade Federal Rural do Semi-Árido poderão contar com assistência multidisciplinar por meio de uma unidade móvel de saúde. Projeto nesse sentido foi entregue na quarta-feira (3), durante encontro da reitora da Ufersa, professora Ludimilla Oliveira, com o secretário nacional de políticas de promoção a igualdade racial, Coronel Paulo Roberto. A Secretaria é ligada ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Segundo a professora Ludimilla Oliveira a ideia é atender comunidades localizadas em áreas de difícil acesso oferecendo serviços básicos com ações de educação e saúde. Os atendimentos serão realizados de forma sistemática com uma unidade móvel. “Queremos levar para essas comunidades atendimentos de assistência básica com uma prestação de serviço da Universidade diretamente nessas comunidades”, explicou a reitora ao secretário.

Durante o encontro, a professora Ludimilla Oliveira também compartilhou com o secretário Paulo Roberto a intensão de a Ufersa realizar um trabalho com foco na família. “Trabalhar a instituição no contexto da família em diversas frentes para melhor integrar a universidade com a sociedade”, explanou.  Na ocasião, o secretário Paulo Roberto sugeriu também a realização de um curso de aperfeiçoamento voltado para as populações minoritárias. A reitoria se comprometeu em providenciar o curso que deverá ser realizado ainda neste semestre.

INFRAESTRUTURA

No Ministério de Infraestrutura a reitora da Ufersa, Ludimilla Oliveira, ouviu do ministro Tarcísio Gomes Freitas, a ratificação sobre a duplicação da Avenida Francisco Motta, via que separa os campi Leste e Oeste da Ufersa Mossoró. “Obtivemos essa notícia por meio do deputado Girão que direcionou emenda parlamentar no valor de 5 R$ milhões para início das obras ainda nesse semestre”, pontuou.

Ainda com o ministro da infraestrutura a reitora tratou da cessão para a Ufersa do campo de pouso localizado numa área pertencente ao Incra, nas proximidades da Maísa, zona rural de Mossoró. O ministro se comprometeu em avaliar o pleito formalizado pela reitora Ludimilla Oliveira.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...