Política

PSDB quer que Justiça obrigue Bolsonaro a cumprir regras sanitárias

Senador Tasso Jereissati informou há pouco que o partido ajuizou ação judicial

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) está impetrando ação na Justiça para que esta obrigue o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) a cumprir as medidas sanitárias de prevenção e combate ao coronavírus. O anúncio foi feito há pouco pelo senador Tasso Jereissat (PSDB/CE) durante abertura dos trabalhos da CPI da Pandemia. 

De acordo com o senador cearense a intenção é que o presidente seja obrigado a cumprir tais medidas sempre que estiver envolvido em ações públicas realizadas com recursos da União.

“Quando o presidente estiver nessas ações custeadas com recursos públicos, ele precisa obedecer as regras estabelecidas pelo Ministério da Saúde e pela Anvisa”, justificou Tasso Jereissati.

Para ele, Bolsonaro está recorrentemente boicotando o isolamento social. “Estamos vivendo uma nova crise de falta de vacinas e o afastamento social é a única medida que temos para enfrentar a pandemia neste momento”, acrescentou.

Tasso Jereissati também propôs que a CPI faça nova convocação ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para que este informe sobre qual o impacto das aglomerações frequentes promovias por Bolsonaro no trabalho do Ministério da Saúde no combate à pandemia.

Sobre a convocação de Marcelo Queiroga, o presidente da CPI da Pandemia, senador Omar Aziz (PSD/AM) pediu que Tasso formalizasse o período por meio de ofício.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...