O Brasil não é uma caserna

A democracia é um tesouro. Como toda grande riqueza, é alvo de ataques daqueles que querem se apoderar de tudo o que ela lhe permite. Com detalhe: no caso brasileiro, ela só tem servido aos donos do poder para chegar a ele.

O deputado federal General Girão (PSL) é um exemplo clássico disso. A exemplo do seu líder, guru e colega de caserna Bolsonaro, para Girão a democracia só vai servir enquanto lhe for útil. O golpe no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) mostra bem isso. Foi Girão quem indicou o professor Josué Moreira para ser interventor no IFRN.

Tivesse o mínimo de civilidade política e respeito à democracia – essa, sim, responsável por ele chegar ao cargo de deputado – Girão não só teria se negado a indicar um outro golpista – assim como ele – como também teria tentado demover o presidente Bolsonaro de seguir com canhestra, vergonhosa, criminosa e imperdoável proposta de golpear o IFRN. De assassinar as eleições naquele instituto. De desrespeitar professores, alunos e funcionários. De enlamear a biografia dele próprio e do professor Josué Moreira.

O resultado é que a partir de agora vão os três chafurdar na lama da falta de dignidade que os acompanhará pelo resto de suas vidas. Poderão até se limpar em alguns momentos do futuro, mas carregarão para sempre a indelével marca de golpistas e traidores da democracia.

Um pedido do presidente, caro deputado Girão, não é irrecusável nem é quebra de hierarquia, como acontece nos quartéis. O Brasil, nobre parlamentar, não é uma caserna. Com todo respeito a tudo de bom que existe lá.


REABERTURA DO COMÉRCIO

A prefeita Rosalba Ciarlini decide até amanhã se permite a reabertura do comércio de Mossoró. O decreto suspendendo o funcionamento das lojas vence nesta quinta-feira, 23/4, e a chefe do Executivo tem sido pressionada por Sindivarejo e CDL a não renovar o decreto.

 

PROPOSTA

Aliás, CDL e Sindivarejo apresentaram um plano de retomada do comércio. Acho uma temeridade reabrir as lojas. Não há indícios de que a curva da contaminação esteja sendo achatada. E mais: reabrir em apenas um turno, como sugere as entidades, é ainda mais arriscado. Quando menos empo as lojas abertas, mas gente se aglomerando.

 

TIÃO COUTO

Circula nas redes sociais print de um comentário feito pelo empresário Tião Couto em que ele diz que o dinheiro dos impostos pagos pelos empresários no Brasil só serve para pagar a mordomia da classe política e os salários dos servidores públicos. A se confirmar a veracidade, pegou muito mal.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...