Música

Núcleo de Arte e Cultura da Ufersa apresenta recital dia 21/12

Apresentação será virtual, com transmissão pelo canal da universidade no YouTube

O Núcleo de Arte e Cultura (NAC) da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa) prepara recital de fim de ano a ser apresentado no próximo dia 21 de dezembro. A transmissão será feita pelo Canal YouTube da Ufersa, a partir das 18h.

“A construção do recital virtual tornou-se realidade antes mesmo de decidirmos fazê-lo”, afirma o professor do NAC, Hallyson Dantas. Ele explica que a produção dos vídeos foi elaborada por cada um dos cantores propiciando uma experiência desafiadora, do ponto de vista de construir um material de audiovisual de forma caseira e que se transformasse num material interessante de se assistir.

“O maior desafio foi incentivar os alunos a gravar seu material de vídeo. Diferentemente dos ensaios, momento em que os alunos estão numa prática coletiva, a gravação individual gerou certo desconforto, mas que foi sendo vencido a cada produção”, constatou. O coral possui 48 integrantes e é composto por alunos, técnicos e professores da Ufersa e também pessoas da comunidade externa.

Para todos os professores do NAC o ano de 2020 está sendo desafiador, pois realizar uma prática tipicamente coletiva e integrada, de forma virtual e individualizada, possibilitou a equipe do NAC a repensar o “como fazer” dentro de um modelo não praticado antes dentro do coral. Foram realizadas oficinas de voz, de corpo, produção de vídeos para que assim, o coral permanecesse em atividade.

A arte possibilita caminhos, envolve a alma e nos afaga e encoraja pra vencer qualquer obstáculo. Cientes disso, o Núcleo de Arte e Cultura da UFERSA mesmo diante dessa dura realidade, conseguiu se refazer e encontrar novas formas de manter vivo fazer artístico. “Já vínhamos experimentando produzir vídeos com os alunos cantando, tocando, atuando e dançando. Mas desta vez, nos desafiamos ainda mais e decidimos juntar todas as práticas para realizar nosso recital de encerramento do ano”, avaliou Natália Negreiros.

NAC – O Núcleo de Arte e Cultura da Ufersa pertence a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura e propícia a alunos, professores, técnicos e comunidade em geral, atividades de Dança, Teatro e Música.

Em 2020 o grande desafio foi transformar a realidade artística e coletiva desenvolvida semanalmente para o modo remoto. Dessa forma, os resultados das aulas geraram a produção de vídeos mosaicos, e assim a ideia para o encerramento não poderia ser outra, se não, um recital virtual. O recital foi consolidado a partir de práticas e experimentos que ressignificaram as nossas metodologias em 2020 devido a Pandemia do Covid-19.

“A prática de teatro, visceral e que desenvolve o contato físico, técnicas de dicção , corpo e interpretação e improvisação  que só é possível na presença física , tomou outras formas e formatos porque a arte tem esse Dom – não é estática, linear, se reinventa, atravessa e possibilita – por isso”, considerou a professora de teatro, Joriana Pontes. Ela afirma que mesmo com a pandemia, as Turmas de Teatro I, composta por 15 alunos já avançados na prática e, a Turma de Teatro II iniciantes, composto por 40 alunos, resistiram e prosseguiram firmes em uma construção linda de debates – estudamos-imersão.

O NAE conseguiu produzir várias intervenções utilizando o Audiovisual como válvula pra escoar nossas produções e sermos vistos, um repito nessa quarentena. “Nunca imaginamos como seria estar às possibilidades de fazer arte que temos hoje. Menos ainda quando pensamos na prática dançar dessa forma tão individual e tão distante! Os obstáculos são surpreendentes. Mas enquanto artistas, a premissa maior seria o Enfrentar!”, complementou Joriana.

“A prática de Choro que tem como uma de suas principais características a interação e a troca de conhecimento na roda de Choro, não foi diferente das demais práticas, logo se adaptou à realidade virtual”, reconheceu o professor Bruno Farias. As aulas semanais continuaram com o Projeto Choro em Casa que durante a pandemia produziu 12 vídeos mosaicos com a participação de convidados nacionais. “Realizamos seis Bate-papos Choro em Casa, que lives descontraídas com importantes músicos do cenário do Choro”, afirmou o professor. A prática de Choro atualmente conta com a participação de 22 integrantes.

Já a prática de violão infantil iniciou suas atividades no mês de junho de 2020 e de forma remota. A turma virtual iniciou com 07 alunos e hoje conta com 17. As aulas são realizadas semanalmente e têm como foco a execução de repertório. “Foram realizadas ações como Arraiá virtuá com participações de artistas locais e pais das crianças. Como forma de interagir e divulgar as ações do projeto. Também foram realizadas oficinas de gravações de vídeos, tudo de forma virtual, para a produção de um vídeo mosaico em parceria com o Projeto Esperança/UERN Ação”, afirmou a professora Haissa Hussemânia.

Para o professor Hallyson o objetivo do recital virtual é “levar um pouco dessa coragem, desse afago, dessa paz, dessa alegria para o coração das pessoas”, afirmou convidado toda comunidade acadêmica e a sociedade em geral a assisti o recital no próximo dia 21 de dezembro, às 18h, pelo Canal You Tube da Ufersa.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...