Maus-tratos à educação

A desvalorização da educação, no Brasil, sempre foi um projeto. E a despeito de todas as mazelas que sobre ela lançaram, a educação avançou muito. Um dos grandes problemas da educação não está propriamente nela, mas na forma como olham pra ela. Avaliam sempre pelo que ela não conseguiu. Poucos assumem o trabalho de elencar o que foi possível nesse país graças ao trabalho dos educadores. E vou além, muito do que não se atingiu não foi exatamente porque a educação falhou. Para que crianças e jovens aprendam, influencia uma série de fatores, muitos dos quais ocorrem fora da escola. Ademais, para que o trabalho escolar alcance os resultados pretendidos, é necessário que sejam melhoradas as condições das escolas, haja valorização da carreira docente e criadas e implementadas políticas públicas que atendam à parcela mais pobre da população. Ao invés de pensar nesse sentido, o atual governo colocou um ministro despreparado, retrógrado, discriminador, tacanho. Pelos cortes de verba para o setor, pelas escolhas para ocupar o ministério e pelos comentários direcionados ao setor, o governo Bolsonaro é especialista em provocar maus-tratos à educação.

ALLYSON FUJÃO

É difícil imaginar que o deputado Allyson Bezerra (Solidariedade) assuma alguma postura em defesa dos mossoroenses numa situação de necessidade. Pelo que se tem visto até aqui, o parlamentar só tem uma preocupação: preservar seu capital eleitoral. As posturas do deputado são uma mostra inequívoca de que seu projeto de se tornar prefeito de Mossoró é algo estritamente pessoal. Não há um tema espinhoso sobre o qual Allyson diga algo publicamente. Parece faltar coragem ao parlamentar para se posicionar sobre qualquer coisa. Lamentável, mesmo.

ALMEIDA SOBRINHO

O ex-verador Almeida Sobrinho está mais uma vez na luta pelo voto. Almeida resolveu aceitar o desafio e está registrado como candidato a vereador pelo Patriota.

CLAUDIONOR SANTOS

Quem também vai tentar voltar à Câmara Municipal é Claudionor Santos, o Olho que enxerga Mossoró. Vai concorrer pelo Partido Liberal (PL).

IVAN DA CAIXA

Outro que está de volta à disputa pelo voto é o ex-vereador Ivan da Caixa. Continua defendo as cores do Partido dos Trabalhadores (PT).

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...