transferência

Justiça determina que Lula vá para presídio de Tremembé, no interior de SP

A data da transferência ainda não foi decidida

O juiz corregedor Paulo Eduardo de Almeida Sorci, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), determinou a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Penitenciária II de Tremembé “José Augusto César Salgado”, localizada no interior de São Paulo. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

Lula deverá cumprir o restante da pena de 8 anos e 10 meses por condenação na Lava Jato, no caso do Tríplex em Guarujá, no litoral de São Paulo. A data da transferência ainda não foi definida.

O juiz atendeu a pedido formulado pela juíza da 12ª Vara Federal de Curitiba, Carolina Lebbos, que determinou nesta quarta a remoção do ex-presidente da carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba.

Na decisão pela transferência, a juíza Carolina Lebbos atendeu pedido da Polícia Federal que havia alegado que a permanência de Lula da superintendência vem causando transtornos não só à instituição como a vizinhança. A defesa de Lula havia pedido que, caso fosse aprovada a transferência, que ele fosse alojada em uma Sala de Estado Maior, local para prisão de autoridades que precisam ter sua segurança assegurada.

PT FALA EM ‘PERSEGUIÇÃO’

Em nota, o PT, diz que a transferência de Lula é “novo ato de perseguição”. No texto dizem que a decisão da transferência não considerou os argumentos da defesa do ex-presidente e que seria “mais uma ilegalidade e um gesto de perseguição a Lula, ao negar-lhe arbitrariamente as prerrogativas de ex-presidente da República e ex-Comandante Supremo das Forças Armadas”.

“O Partido dos Trabalhadores exige que os direitos de Lula e sua segurança pessoal sejam garantidos até que os tribunais reconheçam a sua inocência, a parcialidade da sentença de Moro e a ilegalidade da prisão, onde quer que seja cumprida”, finaliza a nota, assinada pela presidente do PT Gleisi Hoffmann, o deputado federal Paulo Pimenta e o senador Humberto Costa.

Notícias semelhantes