Ganhar tempo, ganhar tempo, ganhar tempo…

Assisti nesses dias, na televisão, a entrevista de um professor de Tecnologia de uma universidade em que ele discorria sobre as benesses dos tempos tecnológicos em que vivemos. Mostrou, por exemplo, que o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de São Paulo teve que desativar uma de suas unidades de atendimento presencia por falta de demanda. “Quase tudo se resolve de forma remota” apontou. E acrescentou que o grande ganho de tudo isso é tempo. Que há esse ganho, não restam dúvidas, o questionamento que se faz é: o que está sendo feito desse tempo? Sim, porque tem sido cada vez mais escassa a presença de muitos pais nas vidas dos filhos. Para estes, são dados equipamentos eletrônicos que os aproximam de quem está longe, mas deixa muito longe quem está perto. Nos shoppings, bares, restaurantes e lanchonetes, se repete a mesma cena: grupos reunidos só de corpo presente: mãos nos teclados e olhares nos visores dos celulares. O tempo que tem sido ganho não tem sido utilizado para momentos com o outro. Quanto mais a tecnologia avança, mais o ser humano é deixado de lado, sendo substituído por máquinas ou ele mesmo fazendo a opção de trocar o real pelo virtual.

 

DIVUGAÇÃO PRAIEIRA

Uma das mais ativas e produtivas parlamentares do Rio Grande do Norte, a deputada estadual Isolda Dantas (PT/RN) aproveita a grande movimentação de pessoas na cidade de Tibau nesses dias, para divulgar suas (muitas) ações. Por meio de outdoors, a parlamentar dá uma mostra do quanto tem trabalhado pelo Estado.

 

CONTRA AGLOMERAÇÕES

A prefeitura de Tibau tem realizado intensa fiscalização na cidade nos últimos dias para evitar a aglomeração de pessoas. Nesse final de semana, três eventos tiveram que ser suspensos. Em um deles, como o organizador teimava em não acabar com a atividade, o aparelho de som da festa teve que ser apreendido.

 

INFORMAÇÃO A RODO

Mossoró ganhará nos próximos dias quase uma dezena de novos meios de comunicação digitais. São portais e blogs para todos os gostos. Que venham para somar e tratem a notícia como ela merece: com seriedade, verdade e correção.

 

NAS ALTURAS

O contribuinte já sabe que o início do ano é também o período de maiores compromissos financeiros: mensalidades e material escolares, IPVA, IPTU, etc. Esse ano, por exemplo, a surpresa tem sido nos valores elevados dessas taxas, principalmente IPTU. A cobrança na tarifa de energia também veio salgada.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...