Deus está no comando

Em alguns momentos da nossa vida é comum ter medo e sentir-se solitário. Porém, nunca estamos sós. Pois, dentro do nosso coração podemos sentir a presença de Deus. O pulsar forte e único é um sentimento individual e nos torna seres em alguns instantes frágeis e sensíveis. Já que, existem ocasiões que algo invade o nosso ser e dessa maneira, fluem sentidos ímpares e até inexplicáveis.

A capacidade de escolher a forma de viver, presente no ser humano, acaba gerando uma perspectiva de afastamento diante de Deus. Visto que, a busca pela presença de Deus de um modo geral só acontece diante das situações difíceis e sem solução. É interessante como esta situação é fato comum na humanidade, pois nos momentos de alegria, na euforia, os que se lembram do criador se reduzem a um número insignificante.

Mas, mesmo na condição de filhos ingratos e até pródigos Ele não esquece de nós. O salmista Davi no Salmo 103 diz que: Assim como um pai se compadece dos filhos Ele se compadece daqueles que o temem, ou melhor, reconhecem a grandeza da sua santidade. Qual o sentido do cuidado tão especial? O amor. Ele nos sonda e nos conhece, sabe das nossas fragilidades e no mais profundo no nosso ser Ele sabe quem realmente somos nós e o que almejamos.

Quantas vezes valorizamos a grandeza desse amor? Posto que, na maioria das nossas decisões não perguntamos e nem se quer lembramos que no caso de nossos planos não darem certo, de que só Ele resolve. Só Deus faz o impossível. Não adianta o ser humano tentar fazer, ele não consegue. No evangelho de Mateus cap.6 vers.27 temos: e qual de vós poderá com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado a sua estatura? O ser humano é realmente muito limitado, apesar de ousar à luz da ciência e do merecido reconhecimento para a mesma, ela não pode praticamente nada quando o assunto é a  vontade de Deus para nós.

Assim, um outro questionamento é válido: Se o ser o humano é bastante limitado e nem um côvado pode aumentar na sua estatura, porque confiar mais nos seres humanos do que em Deus? Alguns acham difícil essa decisão de crer num Deus criador e que deu seu único filho para ser morto por nós, Jesus Cristo. Mas, para crer contemple a grandeza desse Deus, olhe ao seu redor e veja o que pode ser realmente feito por mãos humanas. O salmista nos dá essa resposta no salmo 39 quando revela: Na verdade, todo homem anda como uma sombra; na verdade em vão se inquietam: amontoam riquezas e não sabe quem as levará.

Com isso, resta-nos a confiança plena na rocha que nos deixa firme em todos os momentos de nossa vida: Jesus. Na verdade, o mais importante é que suas peculiaridades já nos confortam, pois Ele nos quer: na alegria, na tristeza, pobre , rico, com dívidas, na aflição , na dor, enfim nas horas mais difíceis em que o medo e a sensação angustiante chega ao nosso coração  Ele nos diz: não temas 366 vezes em todo o livro Sagrado.

Davi já havia experimentado a confiança vã no ser humano e nos deixa essa célebre lembrança. Pois, o Senhor do mais alto céu ver quão pequeno somos nós diante Dele. Já que, até das aves cuida Ele. E nos diz em Lucas cap.12 vers.24: Considerai os corvos, que nem semeiam, nem segam, nem tem despensa nem celeiro e Deus os alimenta quanto mais valeis vós do que as aves?

O Espírito de vida nos testifica a grandeza desse cuidado e nos torna seguro na rocha que é Jesus. A verdadeira segurança, a paz e o crescimento vêm de Deus. Não temas. Pois, assim como esse Deus foi com Moisés, com Josué, com Gideão, com Daniel, com Maria, com Ana, com Paulo e tantos outros, Ele não mudou é o mesmo e será com qualquer um, que O buscar em espírito e em verdade.

Como vencer sem medo uma batalha? O segredo é confiar, é crer, é acreditar por meio da oração que a mão invisível de Deus está no meio de nós. Quer uma prova? Respire bem fundo e sinta seu coração bater bem forte.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...