Decisão

RN suspende vacinação de grávidas com Astrazeneca

A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou na noite da segunda-feira (10) a suspensão imediata da aplicação do imunizante em grávidas.

O Rio Grande do Norte decidiu suspender temporariamente a aplicação da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca em grávidas.

A decisão, anunciada nesta terça-feira (11), foi motivada por um comunicado da Anvisa, no qual a agência orienta a interrupção do uso da vacina de Oxford-AstraZeneca em mulheres grávidas.

A vacinação segue para puérperas com comorbidades, que são mulheres que deram à luz há 45 dias.

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) informou que aguarda uma orientação do Ministério da Saúde sobre a retomada vacinação de grávidas.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...