Rosalba, santos, anjos e orixás

 

O imaginário político coletivo da cidade construiu em si a ideia de que a prefeita Rosalba Ciarlini é imbatível nas urnas. Inegável que ela sempre conseguiu resultados expressivos nos embates eleitorais nos quais seu nome esteve em disputa. Essa aura, no entanto, tem sofrido abalos. Sua desastrosa atuação como governadora do Estado tem contribuído para que Rosalba venha perdendo força eleitoralmente. A atual gestão, sofrível, tende a trazer dificuldades para suas pretensões eleitoreiras.

Embora tenha se elegido prefeita, ela não conseguiu eleger seu filho vice-governador, nem ninguém do seu grupo político-familiar para a Assembleia Legislativa. O mandato de Beto Rosado (filho do seu cunhado Betinho Rosado) foi conseguido no “tapetão” em circunstâncias ainda não muito claras.

Rosalba sabe disso. E embora conserve um capital eleitoral considerável, é consciente de que as coisas não estão muito fáceis e podem piorar. Para não correr riscos, a prefeita já está jogando. E pesado. Uma olhada nas edições do Jornal Oficial do Município (JOM) é suficiente para perceber o quanto ela vem agindo para se capitalizar (eleitoralmente, financeiramente). A cartada maior será o empréstimo de R$ 150 milhões. Caso consiga o dinheiro, Rosalba certamente vai gastar uma boa parte dele em placas indicativas de obras, das quais muitas nunca sairão do papel.

Ao criar vagas de emprego e doar terrenos de roldão, como fez hoje, Rosalba dá demonstração de que fará tudo para conseguir a reeleição. Para afastar qualquer possibilidade de insucesso nas urnas em 2020, Rosalba tem se apegado a santos, anjos e orixás.

COMETA DO QUEIROZ

O testa de ferro do agora senador Flávio Bolsonaro, o motorista-assessor-chefedegabinete-comandante de milícia Flávio Queiroz, já anunciara, há meses que o Ministério Público do Rio de janeiro tinha farto material contra ele e a família Bolsonaro. A questão é saber se o Queiroz conseguiu queimar todas as provas que incriminam ele e a família presidencial.

CADÊ A BRAVURA?

E o presidente Bolsonaro, que adora desrespeitar minorias, atacar crianças e mortos, teve sua valentia posta a prova hoje. Com o filho alvo de ações do MP e da polícia, Bolsonaro fugiu da imprensa.

NOVO DESRESPEITO

E mais uma vez a prefeitura cancelou a reunião da comissão que está trabalhando no processo que vai instituir a gestão democrática nas escolas. O encontro previsto para hoje foi cancelado em cima da hora e sem previsão de quando acontecerá.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...