Mossoró

Vacina Solidária bate a marca de 2 toneladas de alimentos

As doações podem ser realizadas nos pontos de vacinação que são espaços de coleta de alimentos

A Campanha Vacina Solidária realizada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Juventude (SMDSJ) bateu essa semana a marca de 2 toneladas de alimentos.

Desde o início da campanha foi montado uma logística especial para que os donativos cheguem a quem precisa. “Quem tem fome tem pressa e nós estamos trabalhando pesado para que o alimento chegue às famílias o mais rápido possível. Nós entendemos a importância da assistência alimentar, por isso estamos levando a comida, mas estamos fazendo isso alinhado a um trabalho de acompanhamento sócio-assistencial, ou seja, estamos acompanhando as famílias para que superem essa situação de grave vulnerabilidade em que se encontram. Essa é nossa missão”, falou a secretária de Desenvolvimento Social e Juventude, Janaína Holanda.

A titular da pasta explica que a secretaria está trabalhando em várias frentes de atendimento a essas famílias, mas que a iniciativa do Vacina Solidária ajuda muito. “Muitas pessoas nos ligam querendo saber como ajudar, então a Vacina Solidária chega em um bom momento, pois temos Unidades de Saúde em praticamente todos os bairros. Quem puder e quiser colaborar, é só se dirigir a um posto de vacinação”, reforçou Janaína Holanda.

As doações podem ser realizadas nos pontos de vacinação que são espaços de coleta de alimentos. Toda semana, uma equipe da assistência passa nos equipamentos da Saúde para recolher as doações.

No Centro Administrativo as equipes da secretaria organizam os donativos e montam as cestas básicas. “Essa semana estamos com mais ou menos 40 cestas esperando para ser fechadas. Estamos precisando de bolacha, de café, de açúcar. Assim que tivermos esses donativos, fechamos e encaminhamos às famílias. Cada família atendida pela cesta do Mossoró Vacina assina um documento do que está recebendo.

“As cestas são identificadas com o adesivo do Vacina Solidária e as famílias que recebem a complementação alimentar da campanha assinam um documento discriminando exatamente o que está sendo entregue. É uma forma transparente de prestar conta do que estamos recebendo”, reforçou a secretária acrescentando que a campanha de arrecadação continuará enquanto houver vacinação contra a COVId-19.

A campanha Vacina Solidária está atendendo famílias atingidas pela pandemia da COVID-19. As demandas chegam através dos equipamentos da assistência, saúde e pedidos espontâneos.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...