Pandemia

RN tem queda em número de pessoas internadas

Estado também tem melhoria em outros indicadores, impulsionada pelo avanço na imunização

O Rio Grande do Norte segue com melhoria do seu cenário epidemiológico em relação à pandemia da covid-19. “A situação ainda é crítica, mas há indicadores para ser comemorados”, revela Ricardo Valentim, coordenador do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) órgão que monitora a situação pandêmica no Estado e que pertence à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

A queda no numero de pessoas internadas em estado grave é um grande alento nesse sentido. Nos últimos 5 dias, essa queda foi de 48%, de acordo com dados do LAIS/UFRN. “A partir do final do mês de maio, houve redução na transmissibilidade, redução no número de pessoas adoentadas por causa do novo coronavírus. Trata-se de uma redução gradual e sustentada”, analisa Ricardo Valentim.

Segundo ele, esse novo cenário é reflexo do processo de imunização da população. O Rio Grande do Norte, uma das unidades da federação com maior índice de aplicação de vacinas (superior a 93%) tem 931.109 que já tomaram a primeira dose do imunizante e 391.878 que já completaram o ciclo vacina (duas doses).

Ricardo Valentim ressalta que quanto mais pessoas forem imunizadas maior será o impacto positivo na rede assistencial. “O índice de população imunizada e o número de pessoas que se recuperaram da doença são indicadores importantes levados em consideração no planejamento das atividades de enfrentamento à pandemia e na abertura de atividades que ainda estão funcionando de forma parcial”, revela Valentim.

A média móvel de novos casos também sofreu queda no Estado nos últimos dias. Ele baixou de 531 em 11 de junho para 192 ontem, 16/6. Essa redução foi impulsionada positivamente especialmente pelo baixo número de novos casos registrados de terça-feira para ontem, quando foram catalogados 379 novos registros. Na terça-feira, 15/6, haviam sido confirmados 2.249 novos casos de covid.

Covid – casos e mortes nos últimos 7 dias

  • 16/6 – 379 casos e 9 mortes
  • 15/6 – 2.249 casos – 35 mortes
  • 14/6 – 4.938 casos – 52 mortes
  • 11/6 – 1.227 casos – 16 mortes
  • 10/6 –1.020 casos – 42 mortes

Média móvel de casos nos últimos 5 dias 

  • 12/6 – 502 casos de média/dia
  • 13/6 – 460 casos de média/dia
  • 14/6 – 360 casos de média/dia
  • 15/6 – 192 casos de média/dia
  • 16/6 – 192 casos de média/dia
Notícias semelhantes
Comentários
Loading...