Paralisação

Reitores de IES públicas do RN cobram posicionamento do governo

Participaram os reitores Wyllys Farkatt do IFRN, Ângela Paiva da UFRN, Arimatea Matos da Ufersa, além de Pedro Fernandes da UERN.

Em reunião ocorrida ontem (27), em Natal envolvendo o Fórum dos Reitores do Rio Grande do Norte e a chefe de gabinete Tatiana Mendes Cunha, o reitor Pedro Fernandes Ribeiro Neto cobrou uma posição do governador Robinson Faria em relação aos conflitos com servidores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

Pedro Fernandes questionou a nota do Governo do Estado que colocou que os salários estão atrasados há 25 dias. “São mais de 20 meses seguidos de atrasos salariais”, frisou.

Admitindo que a situação financeira dos servidores e professores da UERN é delicada ele declarou que é preciso o governador se posicionar. “A situação entre docentes e governo está se tornando muito delicada. O governador precisa receber a categoria e se posicionar sobre os últimos acontecimentos”, declarou.

Nesse momento a secretária chefe de gabinete colocou que não há data para efetuar o pagamento.

O reitor pediu a palavra e lembrou que há tratamento diferenciado entre as categorias. “Isso complica a situação. É difícil lidar com a situação após uma categoria ser paga e outra não. Fica parecendo que o dinheiro está disponível e que não se paga porque não quer”, analisou.

As cobranças de Pedro Fernandes para que o governador receba a categoria foi reforçada pelos demais reitores presentes ao encontro. Cada um deles reforçou o respeito e a admiração pela UERN.

O reitor da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) Arimatea Matos destacou a importância da UERN para a instituição superior que dirige. “A UERN é nossa vizinha de cerca, sua existência é fundamental para a UFERSA”, frisou.

O reitor do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) Wyllys Farkatt destacou as parcerias com a UERN. “A UERN hoje é a maior parceira do IFRN em relação às pós-graduações onde a experiência da UERN foi fundamental para começar o nosso programa”, destacou.

A reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) Ângela Paiva lembrou do peso da UERN no interior do Estado. “Quando eu era criança no Oeste Potiguar, a única esperança que as famílias tinham se chamava UERN”, lembrou.

Ainda participaram do encontro o professor João Batista Xavier, o diretor do Campus de Natal Francisco Dantas e a pró-reitora adjunta de recursos humanos e assuntos estudantis Jéssica Neiva.

Agecom/Uern

 

Notícias semelhantes