Operação

Polícia Civil apreende mais de 500 medicamentos vendidos de forma irregular

Apreensão aconteceu em casa no bairro de Santa Teresa, em Parnamirim. Jovens encontrados no imóvel eram submetidos a condições semelhantes a trabalho escravo, de acordo com investigações.

Mais de 500 medicamentos e cadernos de contabilidade foram apreendidos nesta quinta-feira (1º) em uma residência no bairro de Santa Tereza, em Parnamirim. Policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia de Parnamirim foram ao local após denúncias anônimas indicarem que pessoas estavam trabalhando com venda irregular de diversos medicamentos, como anabolizantes e estimulantes sexuais. A responsável pelo imóvel não foi encontrada durante as diligências.

Segundo as investigações, jovens do interior do estado de Pernambuco foram recrutados para trabalhar com a venda irregular dos medicamentos. Ao chegarem ao local de trabalho, eles eram submetidos a condições semelhantes a trabalho escravo.

Quatro supostas vítimas estavam no imóvel, sendo uma delas menor de idade. Na oportunidade, os policiais apuraram que os trabalhadores não tinham carteira assinada e ainda tinham que pagar altíssimas comissões pela estadia e pela alimentação.

A responsável pelo imóvel será investigada pela suspeita da prática dos crimes de vender produto destinado a fins terapêuticos e medicinais sem o registro e de redução de pessoa à condição análoga a de escravo.

*Com informações do G1 RN

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...