Investigação

PM é preso suspeito de envolvimento no caso Gabriel

O jovem Giovanne Gabriel de Souza Gomes, de 18 anos, foi encontrado morto no dia 14 de junho, na Grande Natal, após 9 dias desaparecido.

Um policial militar foi preso nesta quarta-feira (19) suspeito de envolvimento na morte do jovem Giovanne Gabriel de Souza Gomes, de 18 anos. A informação foi confirmada pela Polícia Civil durante coletiva de imprensa.

Gabriel foi visto pela última vez no dia 5 de junho quando saiu para visitar a namorada. O corpo dele foi encontrado 9 dias depois, em avançado estado de decomposição, em São José de Mipibu.

Segundo a polícia, o jovem foi morto porque teria sido confundido com um assaltante. No dia do desaparecimento do jovem houve o roubo de um carro que foi encontrado posteriormente nas imediações de Emaús.

Após esse roubo, Gabriel foi abordado por policiais militares do 3° Batalhão e liberado. Em seguida, o jovem foi abordado por policiais do 8º Batalhão como suspeito de ser o ladrão do veículo.

“A lógica indica que ele foi colocado na viatura e levado o para o local onde o corpo foi encontrado”, disse o delegado Claudio Henrique. A viatura foi apreendida para perícia. A Polícia Civil confirmou que Gabriel não tinha envolvimento com o roubo do carro.

O PM preso é do 8º Batalhão, responsável pelo patrulhamento da região Agreste.

A Polícia Civil não passou nenhuma informação sobre os outros policiais militares que estavam na viatura que abordou o jovem porque seguem “em diligências sigilosas”.

*Com informações do G1 RN

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...