Digital

Plataforma Surfmappers é única startup potiguar selecionada no InovAtiva Brasil

A Surfmappers, uma plataforma para vendas de fotos de surfe, foi o único projeto digital do Rio Grande do Norte a ser aprovado para aceleração no programa InovAtiva Brasil.



Idealizada pelo empreendedor Victor Fernandes, a Surfmappers é uma plataforma para aproximar fotógrafos e surfistas pela internet. A ideia é criar um espaço para venda das fotos feitas em campeonatos da modalidade esportiva e agendar sessões com os praticantes da atividade como em uma rede social. Há várias vantagens para fotógrafos e surfistas.

As fotografias são colocadas à venda no Surfmappers e organizadas por session que combina local, data e fotógrafo, permitindo que surfistas encontrarem as fotos facilmente. Tudo isso com ferramentas de pagamento automatizadas para vendas online. Os surfistas podem seguir os fotógrafos e os picos favoritos, marcar pessoas identificadas nas fotos, comentar, interagir e receber notificação a cada nova session que estiver disponível.

A plataforma é um dos 300 projetos de todo o país que serão acelerados neste primeiro semestre, uma seleção que envolveu 1.793 inscritos. A ideia é que essas startups tenham a ter a oportunidade de acessar mentorias, cursos, hackathons, pitchs, aproximando-se dos diversos atores desse ecossistema e resultando na conquista de novos mercados, aumento de faturamento e valorização das marcas.

Criado em 2013, o InovAtiva Brasil é o maior e mais abrangente programa de aceleração para empresas iniciantes com propostas inovadoras e sólidas que precisem conhecer mais sobre o negócio.

Neste ano, o programa se expandiu, muito por conta do apoio do Sebrae, que se tornou correalizador. A entrada do Sebrae possibilitou que o programa abrisse as portas para o sucesso de cada vez mais negócios inovadores, com menos burocracia e mais acesso a investidores.

O programa oferece capacitação em empreendedorismo inovador, por meio de cursos gratuitos; acesso a mentores nacionais e internacionais; conexão com possíveis parceiros, investidores e grandes empresas, e outras atividades.

Com o avanço do programa, startups de todas as regiões do país estão tendo acesso à aceleração. O que é importante porque, no segmento de startups, o empreendedor precisa de treinamento e qualificação diferente. E o objetivo do InovAtiva é qualificar empresas também fora dos grandes centros e oferecer gratuitamente mentoria com qualidade de nível mundial’’, afirma Marcos Vinicius de Souza, secretário de Inovação e Novos Negócios do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

Sebrae

 

Notícias semelhantes