Crime

PF e Receita Federal fazem apreensão de mais de 700 quilos de cocaína em Natal

Droga foi encontrada, no último sábado, em contêineres com mangas que seguiam para a Holanda

A Polícia Federal (PF) fez mais uma apreensão de drogas no Porto de Natal. Desta feita, a apreensão foi fruto de operação realizada, no último sábado, 15/8, em conjunto com a Receita Federal e por meio da qual foram encontrados 703,95 quilos de cocaína dentro de um contêiner carregado de mangas no Porto de Natal. As mangas, e provavelmente a droga, estavam embarcadas com destino à Holanda.

De acordo com a PF, a descoberta se deu em virtude da intensificação do trabalho de fiscalização no terminal. Ainda não há informações sobre os suspeitos de ter realizado a conduta criminosa. A pena para o crime pode variar de 7 a 25 anos de reclusão.

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern), que dirige o porto, afirmou que a ação “mostra que a intensificação das ações de vigilância na área portuária vem surtindo efeito”. Ainda de acordo com a estatal, “convergência de interesses entre o Porto, Armadores e Proprietários das Cargas, deverá possibilitar a instalação de um ‘scanner’ de containers no final do próximo mês”, que deverá melhorar a segurança.

Levantamento da PF aponta que desde 2019, somente no Porto de Natal, a Polícia e a Receita Federal apreenderam mais de 5 toneladas de cocaína.

A Polícia Federal revela que Natal virou um do ponto de partida para o tráfico internacional de drogas, com envio de cocaína principalmente para Holanda e Bélgica. Desde outubro de 2018, mais de 10 toneladas de drogas que partiram de Natal também foram apreendidas no porto de Roterdã, na Holanda.

Por causa das apreensões, a única empresa que faz o transporte de cargas de Natal para Roterdã, na Holanda, suspendeu as atividades locais em março, até que o porto tomasse medidas de segurança. As operações, porém, foram retomadas no início de abril de 2019 e em maio, outra tonelada foi apreendida.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...