Operação Níquel

PF combate contrabando de cigarros no RN

A organização criminosa usava policiais militares para escoltar cargas ilegais de cigarros no território nacional.  

A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (14/1), a Operação Níquel, em cumprimento a ordens judiciais expedidas pela 2ª Vara Federal do Rio Grande do Norte. O objetivo é desarticular organização criminosa armada, que utilizava policiais militares para a prática de contrabando de cigarros e outras mercadorias estrangeiras.

A PF, após investigação, identificou uma associação criminosa formada por mais de quatro pessoas, estruturalmente ordenada e caracterizada pela divisão de tarefas, com atuação no RN, estados vizinhos e no exterior, desde o ano de 2001 com o objetivo de obter vantagem econômica por meio da prática de contrabando, que é a importação clandestina de produtos estrangeiros, em especial cigarros.

A organização criminosa usava policiais militares para escoltar cargas ilegais de cigarros no território nacional. A Justiça Federal do RN, deferiu várias ordens judiciais de prisão preventiva e sequestro de cerca de 16 milhões em bens dos investigados.

Participam da operação 130 policiais federais, para cumprimento de sete mandados de prisão e 16 mandados de busca e apreensão, nas cidades de Natal/RN, São Paulo/SP e Abaetetuba/PA.

Durante o cumprimento de um dos mandados de busca e apreensão, foram encontradas dezenas de caixas cigarros e um dos investigados foi preso em flagrante delito.

 

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...