PERGUNTAR NÃO PAGA IMPOSTO DE RENDA

Mais uma vez, seguindo a linha do perguntar não paga Imposto de Renda, eu pergunto por onde andam aqueles críticos e cobradores ferrenhos por um melhor serviço prestado pela Casa de Saúde Dix-Sept Rosado e Maternidade Almeida Castro, dentro da estrutura da Apamim? Tem funcionário com salários atrasados, carga horária de trabalho intensa para poucos servidores e, nenhum ou pouco investimento. Foi isso que ouvi de alguns profissionais.

Sinceramente, para não ser leviano em nenhuma acusação, prefiro dizer apenas que não consigo entender o silêncio. Silêncio quase sepulcral. Isso posto, passo a entender que a situação de algum tempo atrás tinha muito mais de interesse político de grupos do que, verdadeiramente, alguém pensando apenas na prestação de um bom serviço no setor de saúde ao povo de Mossoró e região. Só pode ser isso.

CHEGAMOS AO TERCEIRO MÊS

A gestão do prefeito mossoroense, Allyson Bezerra (Solidariedade), entra no terceiro mês porém o discurso segue no mesmo tom de campanha. Repito o que postei em outra oportunidade em relação a gestão anterior: se tem alguma irregularidade, acionem o judiciário para que os seus responsáveis respondam. O chato é ficar ouvindo o tempo todo que a culpa, o prejuízo e a responsável pelo problema reclamado pela população, é a gestão anterior.

Que a gestão passada cometeu uma série de erros, isso já foi dito na campanha, a mídia já noticiou e todos nós temos conhecimento. A novidade agora que todos querem saber é, o que será feito para fazer a cidade andar, crescer, sair do buraco. Que os discursos, e, principalmente, as ações, sejam voltadas para esse foco. O resto fica parecendo falácia.

ANO LEGISLATIVO EM TIBAU

Com sessões sempre nas manhãs de quarta-feira, foi iniciado o ano legislativo na Câmara Municipal de Tibau, região Oeste e polo da Costa Branca no Rio Grande do Norte. O desafio não só da prefeita Lidiane, mas também dos senhores vereadores será enfrentar o período de pandemia da Covid-19, principalmente nos finais de semana quando a cidade recebe visitantes em suas praias.

Já existe um Decreto municipal em vigor impondo algumas restrições, porém a vigilância deve ser permanente. Infelizmente, nem todos entendem que a iniciativa individual é o mais eficaz combate ao novo coronavírus. No mais, a cidade terá que enfrentar questões relacionadas ao saneamento básico para acompanhar o seu crescimento e a questão de sempre ligada as questões da saúde e educação. Um bom trabalho e sucesso a todos na nova legislatura e administração.

FERNANDA, CANTANDO BONDADE

Brasileira, nordestina, potiguar e areia-branquense. Essa é a talentosa Fernanda Azevedo que, depois de alguns anos na estrada musical, finalmente vai lançar o seu primeiro EP autoral. Para melhor sintonizar os menos habituados com o assunto, busquei e encontrei a informação de que a sigla EP vem do inglês “extended play”, usada para um disco longo demais para ser um single, geralmente com duas faixas, e curto demais para ser um LP, ou “long play”, de cerca de doze músicas. O EP é uma média de 80% feito e gravado pelo celular (um iphone8), no aplicativo GarageBand.

E a própria cantora, que inclusive já participou da fase final de uma edição do The Voice Brasil (TV Globo), batizou seu primeiro trabalho de “Bondade”. Fernanda Azevedo definiu seu trabalho como leve e romântico. Depois de anos de tentativa, acredita Fernanda, tudo conspirou para que ela pudesse realizar esse sonho justamente agora, quando passamos por tantas aflições. Músicas e letras com mensagens que irão tocar a todos de maneira positiva. Ela garante e eu acredito e recomendo – Bondade.

FECAM, SEM ELEIÇÃO E NA JUSTIÇA

Estava tudo pronto e organizado para acontecer na sexta-feira, 26, mas não foi possível conhecer o novo presidente da Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (Fecam-RN). Aconteceram até alguns deslocamentos para Natal, local da votação, mas logo nas primeiras horas do dia agendado para o pleito, confirmaram a notícia de que este não seria realizado.

O motivo. Bom, tudo estaria relacionado com possível situação de irregularidade no registro da candidatura de Paulinho Freire, vereador em Natal. Já o seu opositor, vereador mossoroense Lawrence Amorim, comprovou a situação legal de sua candidatura e até esperou a possibilidade de ser chapa única. Mas, para evitar essa eleição, o caso foi levado ao judiciário que agora irá decidir em quais condições e quando o pleito acontecerá. Assim, só nos resta dizer: aguardemos.

NA CMM TODO CUIDADO É POUCO

Já diz o bom e velho ditado popular que, “todo cuidado é pouco!”. Sendo assim, o presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereador Lawrence Amorim, de forma responsável, tem adotado algumas medidas para evitar que a presença diária das pessoas na sede do legislativo, não seja um motivo para a transmissão do novo coronavírus. O último ato foi o trabalho de sanitização de suas salas e corredores.

Além de higienizar toda a casa, o dirigente também acrescentou medidas que limita e organiza o acesso, principalmente em dias de sessões ordinárias. Até a sexta-feira, 26, não foi discutida a possibilidade de sessões de forma remota, como aconteceu durante um período em 2020. Reforço aqui a informação de que a entrada de visitantes só será permitida mediante agendamento. Sessões solenes e audiências públicas estão temporariamente suspensas. Todas medidas necessárias.

 

MENSAGEM

“Os homens distinguem-se entre si também neste caso: alguns primeiro pensam, depois falam e, em seguida, agem; outros, ao contrário, primeiro falam, depois agem e, por fim, pensam”. Leon Tolstói

 

BASTIDORES DA SUCESSÃO NA OAB MOSSORÓ

Assim como acontece na política partidária, quando se discute o próximo pleito ainda no sereno da eleição concluída, é o caso de 2020 e 2022, no processo de disputa das entidades de classe também se observa o mesmo comportamento. Quer um exemplo: a eleição para o próximo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção de Mossoró. O mês da eleição será lá no final do ano, novembro, mas o processo de costura de candidaturas já começou.

E não pensem que fica apenas no debate das redes sociais. Já tem gente se reunindo com nome pronto. As redes sociais, principalmente grupos de whatsapp, tem servido para esquentar o debate e, eu diria, já entrou em processo de ebulição. Que toda essa discussão antecipada tenha como meta encontrar nomes que representem bem esse importante seguimento. É o que desejo, e logo escrevo.

PROGRAMA DO LEITE

Sai governo e entra governo no Rio Grande do Norte e a situação no programa do Leite segue a mesma. Nunca falta uma denúncia falando em irregularidade em sua distribuição. O tema voltou ao debate no plenário da Câmara Municipal de Mossoró com promessa de que novos detalhes surgirão nos próximos dias.

O pior de tudo é o silêncio daqueles que coordenam um programa tão importante. O leite, que serve para saciar a fome de crianças e idosos, principal foco do programa, também fomenta a economia do estado já que o produto é adquirido junto aos criadores locais. De acordo com as denúncias, só para concluir, o produto é desviado do seu propósito e vendido.

PROVA DE VIDA NO INSS

Com algumas medidas anunciadas nos últimos dias, a chamada prova de vida dos aposentados junto ao Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), vai caminhando no rumo da tecnologia. Em um futuro não muito distante, as pessoas poderão realizar esse procedimento do conforto da sua casa através, por exemplo, de um celular. Um plano piloto vem sendo aprimorado e na terça-feira, 23, mais de 5 milhões de beneficiários do INSS foram inseridos no serviço digital.

Enquanto a situação não abraça todos os aposentados, é bom ficar atento para o novo prazo definido como final para a suspensão da exigência da prova de vida. A portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) diz que essa situação vai até o mês de abril. A partir de maio, quem não estiver com a prova de vida regularizada, terá o pagamento da aposentadoria cancelado. Desde março de 2020 os bloqueios foram suspensos em decorrência da pandemia da Coviv-19 que inviabilizou essa prova de modo presencial.

O ROMÂNTICO ESTATUTO DO TORCEDOR

Mais uma vez vamos conversar um pouco sobre o Estatuto do Torcedor. Se o amigo fizer a leitura de uma cartilha elaborada para divulgar a Lei 10.671/2003, vai se emocionar, é muito romântico, cheia de ternura. E fica nisso mesmo. Dando uma olhada só nos artigos 5º e 6º com seus incisos e parágrafos, você se derrete todo. Infelizmente, fica tudo no papel. A lei é bonita.

A história da obrigação dos organizadores de competições nomear um Ouvidor e esse receber sugestões do torcedor e, no prazo de 30 dias, apresentar uma resposta, chega ser hilária. Me desculpe, não é descrença, é o fato de conhecer a situação real que me faz escrever assim. Mas, como existe sempre o lado otimista que deve prevalecer, faço esse tipo de divulgação na esperança de que todos possamos pressionar e tornar esse sonho que se transformou em lei, em algo real no cotidiano, saindo do papel e se tornando prática.

 

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...