Dinheiro

Pedido de doações feita por candidato repercute negativamente

Mesmo com volume considerável de recursos, Allyson Bezerra pede que eleitores doem para sua campanha

Vem repercutindo de forma negativa a campanha de arrecadação de dinheiro que o deputado estadual Allyson Bezerra, do Solidariedade (SDD), candidato a prefeito de Mossoró, vem fazendo.

Na avaliação de parcela dos eleitores mossoroenses, a iniciativa traz duas questões que precisam ser analisadas. A primeira delas é a dificuldade do candidato em gerir recursos financeiros. Allyson recebeu mais de R$160.000 do Fundo Partidário, além de ter investido R$ 88.000 do próprio bolso. Mesmo com esse volume considerável de recursos, ele tem pedido doações financeiras à sua campanha.

Outra questão levantada pelas pessoas é o fato de que muitos dos eleitores tem dificuldades para a sua sobrevivência diária e são surpreendidos por campanhas dessa natureza.

Por aspectos como esses, a repercussão do pedido de doação foi negativa e imediata. Nas suas redes sociais, bem como nas postagens feitas por sua militância, a crítica tem sido forte. Em um comentário, um popular destacou que “lá no Centro tá cheio de mendigo querendo uma doação de comida para comer”.

Num outro comentário, eleitor lembrou que o candidato já recebeu dinheiro público pra custear a campanha. “Já começou errado, pois todo candidato tem verbas do Fundo Partidário, fundo especial de financiamento de campanha para gastar no pleito. Cadê essas verbas? É melhor abrirmos o olho”.

Diante da repercussão negativa, assessores do candidato excluíram os comentários negativos e instituíram um filtro para que fiquem visíveis apenas os comentários que apoiam a proposta, vista como descabida por muitos.

A campanha também aponta uma contradição. Ao mesmo tempo em que Allyson demonstra aptidão para aumentar o próprio patrimônio, que teve crescimento de mais de R$ 620.000 nos últimos dois anos (superior à soma dos salários de um deputado em igual período, que fica em torno de R$395.000), demonstra dificuldade em lidar com recursos públicos, já que não tem conseguido custear a própria campanha apenas com o dinheiro do Fundo Partidário. E evidencia um importante questionamento: se Allyson não consegue administrar uma campanha com os recursos disponíveis, terá condições de administrar o orçamento de uma prefeitura?

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...