Interferência na PF

Pedido de apreensão de celulares de Bolonaro e filho foi feito por partidos

Ministro Celso de Melo encaminhou a notícia-crime à PGR para que se manifeste sobre a medida solicitada

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) encaminhou à Procurador-Geral da República (PGR) notícias-crimes relacionadas à investigação sobre a suporta interferência do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na Polícia Federal (PF).

Numa delas, apresentada por PDT, PSB e PV, os partidos pedem, entre outras medidas a ser adotadas, que seja procedida a apreensão dos celulares de Bolsonaro e do filho Carlos Bolsonaro.

Ao encaminhar referidas notícias-crimes, o ministro Celso de Melo pede para que a PGR se manifesta sobre tais pedidos. A notícia-crime data de 28 de abril e o despacho de Celso de Melo foi de ontem, 21/5. Não há prazo para a manifestação do procurador-geral Augusto Aras.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...