MOSSORO VACINA

Mossoroenses comemoram receber primeira dose da vacina

O município de Mossoró iniciou na manhã de hoje (20), a vacinação de pessoas a partir de 47 anos sem comorbidades. Os profissionais de transporte coletivo rodoviário de passageiros também seguiram sendo vacinados. O avanço se deu em face de novas doses de vacinas que chegaram ao município. Na última sexta-feira (18), a Capital do Oeste recebeu 5.346 doses de vacinas para dar seguimento a campanha Mossoró Vacina.

Esses públicos poderiam se dirigir as UBSs Vereador Lahyre Rosado, no bairro Alto do Sumaré, Maria Soares Costa, no Alto de São Manoel, Epitácio Carvalho, nos Pintos, Chico Costa, no Santo Antônio, Francisco Nazareno, no Forno Velho, Lucas Benjamim, no Abolição III, José Leão, no Alto da Conceição, Ildone Cavalcante, no Barrocas, Moisés Costa, no Redenção, e Marcos Raimundo da Costa, no Belo Horizonte.

Vários mossoroenses que compareceram as unidades básicas de saúde relataram que estavam ansiosos para tomar a vacina e comemoram o fato do dia deles ter chegado. Moradores de alguns bairros da cidade foram até a UBS Chico Costa, no bairro Santo Antônio e receberam a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2).

“Estava muito ansioso para tomar a primeira dose da vacina. Como eu trabalho como taxista e entra muita gente no carro eu estava muito ansioso para chegar a minha vez de se vacinar”, disse o taxista José Leodécio de Araújo, de 48 anos. Ele mora no bairro Santo Antônio.

“Agora a gente vai ter uma segurança melhor e vai parar com aquele constrangimento de pode entrar e sair de qualquer lugar sem ter aquele medo de que a gente não tomou vacina”, falou Marcos Roberto, que é professor de dança e tem 47 anos e é morador do bairro Barrocas.

“Eu tenho uma filha especial. Ela tem quatro anos de idade e eu estava doida para que chegasse a minha vez. Eu tenho 47 anos e graças a Deus me vacinei agora. As pessoas têm de ter consciência de vir se vacinar, que ela está fazendo só o bem para as pessoas. Venham que é bom (se referindo a tomar a vacina)”, disse Francisca Neuma, de 47 anos, e moradora do bairro Paredões.

“A gente vem numa ânsia e numa esperança renovada e dia após dia acompanhando o calendário na esperança de chegar a nossa idade e hoje chegou a minha idade. Eu mim sinto como uma privilegiada porque acabamos de atingir a marca de 500 mil mortes no Brasil. Então eu sou mesmo uma privilegiada que estou podendo me vacinar para tentar viver ainda alguns anos para a frente e algumas pessoas não tiveram essa chance. A vacina é fundamental. Ela é um artifício que busca a gente ter uma condição de vida que é o que todo mundo quer. É maravilhoso”, declarou a produtora cultural Katharina Gurgel, que tomou a primeira dose na UBS Chico Costa. Ela mora no bairro Nova Betânia e tem 47 anos.

“É uma importância para a gente se prevenir porque está morrendo muita gente. Eu estava muito ansiosa que chegasse a hora. Inclusive eu estava em Tibau com a família e quando soube que chegou a minha vez vim correndo. Eu aconselho que todos procurem vir tomar (a vacina)”, Juvanete da Silva Paes, que estava no litoral e veio tomar a vacina.

Todas as pessoas que tomaram a primeira dose da vacina hoje (20) estão previstas para receberem o reforço do imunizante no dia 20 de setembro.

As pessoas incluídas na faixa etária 47 anos ou mais apresentavam originais e cópias de documento oficial com foto, comprovante de residência e cartão de vacina (se houver). Já os para os profissionais de transporte coletivo rodoviário de passageiros era necessário apresentar carteira de trabalho, ou crachá funcional, ou contra-cheque com documento de identidade ou carteira de sócio dos sindicatos de transportes ou de cooperativas de transporte. É importante ainda que esteja cadastrado no portal RN + Vacina para dar agilidade à vacinação.

Secom/PMM

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...