Redução

Mossoró reduz casos confirmados de dengue e chikungunya de 2018 para 2019

Os dados são do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN/NET).

Mossoró conseguiu reduzir em 76% os casos confirmados de dengue de 2018 para 2019. Os números foram ainda mais expressivos na redução de casos confirmados de Chikungunya, de 91% no mesmo período de comparação. Os dados são do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN/NET).

A secretária de Saúde afirmou que Mossoró fez e continua fazendo seu dever de casa. “Somos testemunhas de uma luta incansável realizada pelos servidores da Secretaria de Saúde, mas principalmente pelos agentes de endemias. É um trabalho de porta em porta na busca por eliminar qualquer foco de vetores. Sempre apoiamos essa causa e ainda no ano passado melhoramos as condições dos agentes distribuindo fardamento completo mais material de trabalho, o que eles não tinham há muitos anos”, afirmou Saudade.

A secretária também reconheceu o papel do mossoroense nessa redução, mas destacou que é preciso uma sensibilização para que seja possível reduzir, ainda mais, os casos confirmados das doenças na cidade. “Todos nós sabemos o que é preciso fazer para combater e eliminar os focos de mosquitos transmissores de doenças como dengue e chikungunya. Os agentes de endemia e de saúde não conseguem vencer essa guerra sozinhos. A sociedade precisa fazer parte desse processo e proteger ou eliminar qualquer recipiente com água parada que posso servir de criadouro. Juntos nós somos mais fortes e conseguimos resultados que são benéficos para toda a cidade.”, pontuou Saudade.

Os números são expressivos e refletem o trabalho coletivo realizado ao longo dos últimos anos.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...