Campanha

Mossoró recebe agência itinerante da Caixa para renegociação de dívidas

Os atendimentos acontecem das 08h às 17h na Estação das Artes

Uma agência itinerante da Caixa Econômica Federal está em Mossoró para renegociação de dívidas de clientes. A campanha oferece até 90% de desconto na regularização de dívidas de contratos comerciais em atraso. A agência itinerante, que funciona em um caminhão adaptado, fica na cidade até a próxima sexta-feira (9).

Seu Antônio tem uma padaria em Mossoró. Um pequeno negócio que é literalmente o ganha pão dele há quase 10 anos. Em 2016 fez um empréstimo na Caixa para dar uma incrementada na padaria. Mas devido a alguns problemas não conseguiu pagar as parcelas do empréstimo. Nesta quarta ele conseguiu negociar a dívida e já saiu com o boleto para pagamento.

“Eu tinha outras dívidas e eu consegui quitar com o desconto muito bom que eles me deram de 90%. Quando foi agora a menina ligou dizendo que eu poderia quitar o restante que tinha ficado. A dívida era de 18 mil, com esse novo desconto ficou 1.700 reais”, destacou o comerciante Antônio Hélio Apolinário.

No caminhão da Caixa, os usuários com débitos comerciais atrasados há mais de um ano, poderão quitar a dívida com até 90% de desconto à vista. Já débitos relacionados a habitação, a Caixa recomenda que o usuário procure uma agência mais próxima.

De acordo com o Superintendente da Caixa no Rio Grande do Norte, Fares Haum, os contratos podem ser de pessoas físicas ou jurídicas, “com cinquenta reais o cliente pode estar regularizando a sua dívida”.

Este ano a novidade é a possibilidade de regularizar as dívidas nas unidades lotéricas, o cliente pode pagar valores de até R$ 2 mil. Basta informar o CPF. Para regularizar a dívida, o cliente tem a opção de regularizar através dos canais remotos. Pelo WhatsApp, no número 0800 726 0104, opção 3; pelo telefone 0800 726 8068, opção 8, ou pelo site www.caixa.gov.br/negociar.

O caminhão ficará em Mossoró até a próxima sexta-feira (09), os atendimentos acontecem das 08h às 17h.

G1 RN

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...