Mercado

Mossoró ganha cemitérios privados

Serviços funerários são ampliados na cidade com a oferta dos chamados Memoriais

Com quase 300 mil habitantes, Mossoró começa a ter ampliado seus serviços funerários.  Depois dos planos de assistência, que oferece desde o translado, urna, aos centros de velórios, o mercado traz à cidade o que já é comum nas metrópoles brasileiras.

A grande novidade no setor é a construção de cemitérios privados. E a cidade ganha logo dois de uma só vez. São os chamados “ Memoriais”, onde as pessoas dispõem de serviços que nenhum cemitério público oferece.  O ambiente é totalmente diferente do que é oferecido pelo poder público.

Eles já estão fazendo parte da comunidade. Na saída para Baraúna, na comunidade da Barrinha, há pouco mais de 8 km da cidade, está sendo construído o Memorial Jardim das Flores, do grupo SBC. Já na saída para Fortaleza, próximo do Distrito Industrial, desde o início do mês funciona o Memorial Jardim das Palmeiras, pertencente a empresa mossoroense Taldi Engenharia.

O Memorial Jardim das Palmeiras tem cerca de 50 mil metros quadrados de área verde, salas de estar, lanchonete, amplo estacionamento, e oferece serviço dos mais variados no segmento. Até violinista e saxofonista são disponibilizados.  A Previfan, do próprio grupo, comercializa os títulos a preços acessíveis.

O grupo SBC, que tem um cemitério privado na grande Fortaleza, já atua em Mossoró há 12 anos com planos de assistência e sentiu também a necessidade de oferecer ao seu público um local onde as pessoas pudessem reverenciar de forma digna seus entes queridos que se foram. Com as obras em pleno vapor, O Memorial das Flores, estrada de Baraúna, emprega hoje de 70 a 100 pessoas, e que devem continuar na empresa pelo sistema de vendas externas. São 24 mil hectares com toda a infraestrutura dos grandes do país. Seus planos de vendas oferecem também condições para todas as classes.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...