Gestão

Mossoró fica mal em ranking de governança

Apesar de ser uma das prefeituras com uma das maiores arrecadações entre os municípios potiguares, Mossoró não conseguiu uma boa colocação no Índice de Governança Municipal (IGM) do Conselho Federal de Administração (CFA). No ranking 2018 do IGM/CFA, Mossoró ficou na 90 colocação entre os 167 cidades norte-riograndenses, com média 5,77, ficando, nos municípios de maior porte, acima apenas de Parnamirim.

Os 10 municípios com melhores índices, pela ordem foram: Passa e Fica (7,77), Santa Cruz (7,77), Goianinha (7,59), Lajes (7,55), Portalegre (7,54), São José do Seridó (7,51), Jucurutu (7,49), Acari (7,44) Cruzeta (7,41) e Rodolfo Fernandes (7,31).

As 10 cidades com piores desempenho foram: Rafael Fernandes (2,45), Baraúna (2,76), Alto do Rodrigues (2,83), Pilões (3,01), Grossos (3,03), Santa Maria (3,40), Galinhos (3,60), Viçosa (3,70), Itaú (3,83) e Tenente Laurentino (4,03).

Entre os municípios brasileiros do grupo de cidades com mais de 100 mil habitantes, Mossoró ficou em 101, de um total de 154 cidades. A cidade integra o grupo 7, e nos quesitos avaliados ficou com os seguintes índices: finanças (3,43), gestão (6,67) e desempenho (7,22), culminando num índice médio de 5,77.

Veja o ranking geral

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...