LEMBRANÇA E ESPERANÇA

As frases “Holocausto nunca mais” e “Solidariedade salva vidas” foram projetadas na noite de segunda-feira.20 nas duas torres (anexos I de cada Casa) do Congresso Nacional. A iniciativa traz à memória os 6 milhões de judeus exterminados pelo nazismo e também é uma mensagem de esperança para o país no momento da pandemia da covid-19, provocada pelo novo coronavírus.

A projeção, das 19h15 às 23h15, exibindo as frases de forma alternada,  faz parte de ação da Confederação Israelita do Brasil (Conib) para lembrar o Dia do Holocausto e do Heroísmo (“Yom HaShoá VehaGvurá”, em hebraico). Este é o terceiro ano em que o Congresso Nacional participa da iniciativa. A primeira projeção, em 2018, foi solicitada pelo senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), atual presidente do Senado.

Para o presidente da Conib, Fernando Lottenberg, neste momento de sofrimento e incerteza, referindo-se à pandemia, é importante lembrar como gestos de solidariedade durante o nazismo salvaram vidas inocentes.

— O Holocausto foi um acontecimento terrível e único na história da humanidade. A memória do extermínio de seis milhões de judeus é fundamental não só para dignificar as vítimas do nazismo, mas também para alertar a todos contra a intolerância — afirma Lottenberg.

A projeção será feita pela empresa R Design Comunicação Visual, contratada pela Conib. O carro com o projetor ficará a 300 metros do Palácio do Congresso Nacional, em frente à Alameda das Bandeiras. Durante a projeção, os holofotes externos ficarão apagados para não ofuscar a projeção.

Da Agência Senado

 

 

 

DIA DA TERRA

Da Exame

 

Há 50 anos, em 22 de abril de 1970, cerca de 100.000 pessoas ocuparam toda a extensão da Quinta Avenida, em Manhattan, para protestar contra temas ambientais. A mobilização nos EUA chegou a 20 milhões de pessoas — ou 10% da população. Nascia o Dia da Terra, que neste ano será celebrado com evento virtual ao longo desta quarta-feira, 22. Foram gravadas mensagens com personalidades como o Papa Francisco e o ex-vice-presidente americano Al Gore. Um dos temas é o Acordo de Paris, que firmou metas para redução de emissões de gases do efeito estufa — a reunião que marca a saída dos EUA do acordo está marcada para novembro. Enquanto isso, o diretor da Organização das Nações Unidas, Antonio Guterres, pediu que o investimento para a retomada da economia pós-coronavírus seja direcionado a negócios e empregos mais “verdes”.

 

@ “Nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia  /  Tudo passa, tudo sempre passará  / A vida vem em ondas como um mar / Num indo e vindo infinito…”. LULU SANTOS, compositor e cantor carioca.

@ Hoje é o dia do aniversário de Carminha Pinto,  Dix-Sept Rosado Sobrinho, Sônia Valle Rocha,  Rita Russo, Deddy Holanda, Marcondes Bezerra, Valtenor Frota e Evans Araújo. Parabéns!

@ Há 1520 anos atrás o Brasil foi descoberto pela esquadra portuguesa comandada por Pedro Álvares Cabral.

@ Quem não tem nada pra dizer que seja novo, produtivo ou divertido melhor não surfar na onda das lives’s pois senão será “NO actual, NO real, NO true..,” ou, quem sabe,  aprender japonês em Braile.

@Hoje tem live de Roberta Sá dentro do projeto Em Casa com o Sesc – YouTube.com/sescsp; Instagran.com/sescvivo; facebook.com/sescsp

@ Contato com o blog através do Whatsapp 84 987121662 e e-mail [email protected].

@ Estamos no Instagram @paulordpinto16. Sigam-nos!

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...