Versão

JMT nega que se recuse a fornecer EPI´s

Assessoria de comunicação da empesa afirma que fornece os materiais em conformidade com normas dos órgãos de saúde

A JMT Service, empresa denunciada por não fornecer Equipamentos de Proteção Individual (EPI´s) aos seus funcionários que atuam no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) em matéria publicada pelo Portal do RN (veja aqui), enviou nota rebatendo a informação.

De acordo com a assessoria de imprensa da empresa, a JMT fornece aos seus trabalhadores os materiais de proteção necessários e de acordo com a especificidade de cada função desempenhada. Veja a nota na íntegra:

“A JMT Service vem, por meio desta nota oficial, esclarecer sobre o fornecimento do uso dos Equipamentos de Proteção Individual para os funcionários que atuam no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró.
A empresa garante a entrega do material exigido para a função dos seus colaboradores, no caso os maqueiros, como luvas, máscara e protetor facial e reforça que alguns EPI’s solicitados pelos trabalhadores, como máscaras N95 e capotes, são prioridades de outros profissionais da área da saúde, como os médicos. Desta forma, a JMT Service atua como determina a Anvisa, o Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual de Saúde.
A empresa garante que tem feito todos os esforços para que, mesmo em momento de grande demanda, nenhum EPI falte aos seus profissionais”.

Assessoria de Imprensa JMT Service

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...