Doação

HRTM faz captação de órgãos seguindo normas de Segurança da Anvisa

A captação seguiu todas as normas de segurança exigidas nesse período da pandemia do coronavírus

O Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), registrou na manhã dessa quinta-feira, 23, a vigésima terceira captação de órgãos para transplantes no hospital, a primeira de 2020, em um paciente de 51 anos, vítima de atropelamento, com morte cerebral constatada por exames específicos.

A captação seguiu todas as normas de segurança exigidas nesse período da pandemia do coronavírus, elaboradas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e Ministério da Saúde (MS), como também pelo protocolo de morte encefálica do hospital.

A doação foi autorizada pela família, após entrevista com membros da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT), do HRTM. A equipe de Natal da Comissão é coordenada pelo Dr. Alexandre Borges, e contou com a participação de dois cirurgiões, um anestesiologista, um residente e um enfermeiro. Dentre os órgãos retirados, o fígado foi encaminhado para Recife-PE, os rins e córneas para Natal, segundo informa a assistente social Telma Ariana Belém, da CIHDOTT.

Telma Belém informou, ainda, que o trabalho da Comissão, apesar das restrições ocasionadas pela pandemia do COVID 19, continua sendo feito diariamente no hospital, com uma equipe multiprofissional formada por ela, assistente social, pelo cardiologista Fernando Albuerne Bezerra (coordenador), pela psicóloga Symone Florentino, a enfermeira Susana Cantídio Mendes, e as técnicas de enfermagem Maria Suzete, Jamila Andrade e Márcia Maria.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...