Acidente

Homem atropelado na BR-101 morre em Natal e hospital procura familiares

A vítima não portava documentos e ainda não foi identificada.

Um homem atropelado na noite da última segunda-feira (14) na BR-101, na Zona Sul de Natal não resistiu e morreu no hospital Walfredo Gurgel, para onde foi socorrido em estado grave.

A vítima não portava documentos e ainda não foi identificada. O hospital procura por familiares ou conhecidos do homem. A causa da morte foi um traumatismo craniano.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o homem era calvo, com pele de cor parda e cabelos grisalhos, aparentando ter aproximadamente 65 anos. Ele media cerca de 1,80 metro de altura e não tinha tatuagens.

“O paciente não portava documentos e nem foi procurado por familiares. Qualquer informação que possa levar à identificação de pessoas conhecidas ou familiares do paciente devem ser repassadas ao Serviço Social do HMWG, através dos telefones 3232-7505/7533. O setor funciona de domingo a domingo em plantões de 24h”, informou a Sesap.

Atropelamento

O homem foi atropelado por um carro e socorrido em estrado grave na noite da segunda-feira (14) na BR-101, na altura do bairro Potilândia, na Zona Sul de Natal.

Segundo testemunhas, a vítima tentava atravessar a rodovia a menos de 50 metros de uma passarela. A colisão aconteceu no sentido ao centro da cidade.

O carro que atingiu o homem ficou com marcas da batida no para-choque e no para-brisa. Segundo os ocupantes do veículo, o motorista não conseguiu evitar a colisão. Poucos instantes antes, o homem quase tinha sido atropelado por outra motorista, que conseguiu desviar a tempo e presenciou o acidente.

“Eu vinha dirigindo, ele passou na frente do carro e por pouco, não peguei. Quando desviei, ele passou meu carro e o carro que vinha atrás, na faixa da esquerda, pegou ele”, afirmou a empresária Regina Tavares, que permaneceu no local para prestar depoimento.

Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, no Hospital Walfredo Gurgel, em Natal. (G1 RN).

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...