ESTRATÉGIA ERRADA

A troca de farpas, acusações e denúncias são intensas dos dois lados, direita e esquerda se digladiam no Brasil em busca da cereja do bolo, o poder. A dita corrente de esquerda já esteve lá, e saiu por um erro de estratégia, permitindo assim o surgimento de um “salvador da pátria” uma nova opção para a ser seguida pelo rebanho necessitado de uma referência, o povo. A transição do governo Fernando Henrique Cardoso, o FHC, para o presidente Luiz Inácio, o Lula, mostrava para o mundo um novo Brasil, capaz de renascer das cinzas e se tornar chama ardente de progresso alimentada pelo combustível da democracia. Porém, com o passar do tempo, a gula insana, ou não no caso do insana, pelo poder fez arrefecer tudo já citado. Práticas criminosas na linha do petrolão, mensalão e outros atos de corrupção, levaram o país a perder seu rumo e a população fica vulnerável a qualquer discurso com aparente visão de que seria o novo a ser seguido.

ERRO DE ESTRATÉGIA II

Seguindo a linha de raciocínio do tópico acima, vamos então, se tivermos que apontar culpados, citar quem teria cometido o tal erro de estratégia. Aqui quero concordar com as vozes que já se levantaram e apontaram os partidos PT e PSDB como sendo os grandes responsáveis. Quando todos esperavam uma aliança entre os dois para, no entendimento dos próprios militantes de esquerda, livrar o país da tal direita, eis que eles se separam, entram em confronto direto e, enquanto isso acontece, a outra turma fica na plateia comendo pipoca aguardando o momento do bote fatal. E este bote veio no último ano culminando ao seu final com a eleição presidencial. Tiveram até uma nova oportunidade, que seria na avaliação de boa parte dos analistas políticos de plantão, um aliança com o candidato Ciro Gomes, porém mais uma vez viveram a fantasia do Lula Livre, queiram suas opções internas e perderam o poder, a cereja do bolo. Então amigos da extrema canhota, afundem em suas arrogâncias de achar que seriam eternos.

Em tempo: Não empunho nenhuma bandeira partidária ou envolvimento com qualquer movimento de esquerda, direita ou centro, o pitaco aqui posto é de um pobre mortal observador da cena que compõe a vida brasileira. E tenho dito.

CANDIDATURAS HOMOLOGADAS

Tudo resolvido. Na atualização anterior da coluna havíamos comentando que apenas o nome do advogado Sebastião Jales havia sido homologado em uma lista apresenta pela comissão eleitoral que cuida da eleição do Quinto Constitucional do Tribunal Regional do Trabalho – 21º Região, no Rio Grande do Norte. Papelada checada e também já estão aceitos os nomes de Herbert Mota e Gladstone Heronildes. Com tudo legal, como manda a regra do jogo, cabe agora ao trio fortalecer seus nomes junto aos seus pares na corrida por uma vaga na lista sêxtupla. Votos de sucesso.

COPA AMÉRICA

Sinto que o torcedor brasileiro não anda muito entusiasmado com a edição 2019 da Copa América, mesmo sendo disputada em território “verde e amarelo”. Talvez o fracasso das últimas edições esteja na lista dos vários motivos. Pois existem outros sim. O futebol brasileiro, em sua qualidade, anda precisando de reparos, pois enquanto os outros evoluem nos aspectos físicos, técnicos e táticos, aqui nós estamos discutindo se pune ou não Neymar e, insistindo na defesa de que ele seja, anda longe, o melhor do mundo e nossa grande referência. O próprio jogador já demonstrou que quer mesmo é curtir aquilo que suas conquistas financeiras podem bancar, e ele não é errado na postura. Errados são os outros, aqui me refiro à seleção do Brasil, que insiste com ele. Se essa bagaça não for repensada a tendência natural é o barco continuar afundando.

NATUREZA 1 X 0 GOVERNO

No jogo das atrações a natureza anda na frente do placar na querida cidade do Tibau. Praias bonitas, um estrutura de hotel e pousadas por parte da iniciativa privada considerada boa além das barracas no litoral, porém falta a mão oficial. A administração municipal e até mesmo a estadual poderiam trabalhar de forma direta em atrações permanentes para valorizar o turismo, ou se movimentar no sentido de atrair o interesse da própria iniciativa privada para fazê-lo. Hoje os eventos que movimentam o município fronteiriço se resume aos meses de dezembro e janeiro. Fica a dica.

PLANO DIRETOR

Outro dia recebi do amigo Liszt Madruga a informação de que estaria em fase de estudo um novo plano diretor para a cidade do Natal, nossa capital. De pronto sugeri que fosse discutido, no aspecto da mobilidade urbana, o trânsito na Av. Roberto Freire, no sentido Ponta Negra viaduto da BR-101. Quando afunila nas proximidades do Supermercado Nordestão e aquele prédio que tem um escritório da Cosern, a situação se complica, praticamente durante todo o dia. Aguardemos solução.

MENSAGEM

“A vida só se compreende mediante um retorno ao passado, mas só se vive para diante”. Soren Kierkegaard

Então, entenda que seu futuro é menor do que o seu passado. Viva!

SUCESSÃO MUNICIPAL

Acompanhando alguns debates e noticiários políticos, já percebemos que de maneira muito antecipada, deram a largada no processo sucessório municipal em Mossoró. Isso mesmo, já estão de olho no poder, na cadeira ocupada no momento pela prefeita Rosalba Ciarlini. Olha, mesmo respeitando o princípio da discussão democrática não podemos nos furtar a dizer que isso é muito perigoso. É preciso que o palanque seja montado e desmontado no momento certo. Vejam o exemplo negativo do cenário nacional no qual, governo e oposição, não desmontaram o palanque da campanha que já passou e isso tem levado o país a um estado de letargia. Enfim, a campanha antecipada tem mostrado posturas, até de setores da mídia, de verdadeiros assessores de determinados nomes e, carrascos de outros, ou seja, a informação aberta com todas as versões, deixou de existir. Cada um defende o seu. Bato então o martelo: Errado.

REFORMA PREVIDENCIÁRIA

Embora exista a necessidade de uma reforma tributária e política, a pauta do dia continua destacando a reforma previdenciária. O relator da comissão que analisa a proposta em discussão promete apresentar sua avaliação final até o dia 15 de junho, ou até antes disso. No caminho algumas emendas já estão surgindo e devem aumentar na medida que a discussão avançar até o plenário para avaliação e votação dos deputados federais. Algumas categorias, usando a legitimidade de defender seus direitos, estão aumentando a força de pressão e já existem apostas de que a ideia inicial do governo deverá receber uma aprovação fragmentada em relação as suas intenções. Vamos acompanhar meu povo.

TOCA DA AÇAÍ

O fotógrafo Edilberto Barros resolver focar sua lente empresarial para outros caminhos, porém sem abandonar a fotografia. Ali na Rua Tibério Burlamaqui, no bairro Paredões, resolveu abrir a Toca do Açaí. Também tem entrega direto ao cliente em sua residência ou local de trabalho. Sucesso amigo.

TRANSPARÊNCIA

Quando a ação dos nossos legisladores merecerem críticas, faremos na linha do respeito e sem medo de ser feliz. Isso vale na hora da crítica positiva ou negativa. Por exemplo, reputo como algo a ser destacado no aspecto positivo a forma como acontecem as reuniões de suas comissões temáticas na Câmara Municipal de Mossoró, aberta a participação do público. Inclusive com transmissão ao vivo pela TV Câmara. Em alguns casos especialistas no tema debatido pelos edis são convidados, ou seja, a sociedade duplamente presente através dos seus representantes eleitos pelo voto e profissionais que colaboram com seus conhecimentos específicos. Vida longa aos bons exemplos e a transparência.

 

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...