Esperança para recebimento de atrasados

O Governo do Estado convocou o Fórum dos Servidores para uma reunião nesta terça-feira (12/3), às 10 horas, na Secretaria de Planejamento (SEPLAN). O objetivo, segundo consta do documento convocatório enviado aos membros do fórum, será apresentar a Proposta de Receita Extra. Para os servidores, surge um alento para o recebimento dos salários atrasados.

O dinheiro extra em questão será aquele advindo de empréstimo que será feito tendo como garantia os royalties do petróleo.

Há servidores que ainda têm a receber do Governo do Estado o mês de novembro de 2017 e o décimo terceiro salário daquele ano, além de dezembro e o décimo terceiro salário de 2018 (esses dois últimos, para todos os servidores).

Desde que assumiu, a governadora Fátima Bezerra (PT/RN) assumiu o compromisso de tentar colocar os salários do funcionalismo público em dia. Em diálogo com os trabalhadores, buscou assegurar o pagamento em dia a partir do mês de janeiro (inclusive antecipando valores para os que ganham menos e para quem está com maior saldo de salários em atraso). Os trabalhadores te, entendido o esforço da governante.

Professores vão à Câmara
Em greve desde a última sexta-feira, (8/3), os professores da rede municipal de ensino saem em caminhada nesta terça-feira, (12/3), até a Câmara Municipal. Eles vão acompanhar a sessão do Legislativo local, onde deverá ser posto em discussão o projeto de lei que concede reajuste aos docentes. Além de reivindicar o reajuste do Piso do Magistério e a concessão das progressões funcionais, os professores protestam pelo fato de a prefeita Rosalba Ciarlini querer conceder apenas 3,75% de reajuste quando o percentual definido pelo Ministério da Educação (MEC) foi de 4,17%.

Mudança de estratégia
Os professores iriam realizar assembleia no auditório do Hotel Villa Oeste. Tiveram, no entanto, que transferir o ato para a sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM) quando foram informados que a Câmara colocou o projeto que concede o reajuste para ser votado analisado a partir da sessão de amanhã.

Ditadura se afunilando
O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está proibindo seus funcionários de concederem entrevista para falar sobre a Reforma da Previdência. De acordo com comunicado da direção geral do órgãos aos chefes de departamento, diretores, supervisores, coordenadores, nenhum deles poderá falar à imprensa sobre o tema. O comunicado informa ainda que apenas o comando do Ministério da Economia está autorizado a atender á imprensa para discorrer sobre o tema. A determinação é da sexta-feira passada, (8/3).

Audiência
A governadora Fátima Bezerra (PT/RN) recebeu nesta segunda-feira, (11/3), representantes de entidades sindicais de defesa dos trabalhadores do Rio Grande do Norte. Na pauta, discussão sobre respeito aos direitos dos servidores públicos. O presidente da Federação dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal do Rio Grande do Norte (FETAM/RN), professor Francisco de Assis Filho, foi um dos líderes sindicais presentes.

Recuo
O prefeito da cidade de Paiçandu, no Paraná, revogou sua própria decisão e voltou a efetuar o desconto do pagamento das mensalidades sindicais em folha. Os próprios trabalhadores fizeram pressão para que o prefeito revogasse seu ato anterior.

Reforma da previdência
Os sindicatos municipais do Rio Grande do Norte tem realizado, a cada dia, debates, palestras e outros eventos sobre a Reforma da Previdência. Instrumentalizam os trabalhadores sobre os efeitos da reforma para que, ao irem às ruas protestar, eles tenham conhecimento de causa e tenham plena consciência sobre o que estão combatendo.

 

Notícias semelhantes