Críticas

Entidades e parlamentares repudiam pronunciamento do presidente

Bolsonaro ironizou a pandemia do coronavírus e pediu para que as pessoas deixassem o isolamento

Tem sido a pior possível a repercussão do pronunciamento feito na noite desta terça-feira, em rede nacional, pelo presidente Jair Bolsonaro (sem parido). O chefe do Executivo nacional contrariou órgãos de saúde e distorceu cenário sobre o coronavírus.

Bolsonaro classificou a doença como “gripezinha”, chamou a preocupação de autoridades sanitárias de histeria e pediu para que as pessoas acabassem com o confinamento domiciliar. E ainda atacou a imprensa.

O Congresso Nacional repudiou a fala do presidente. Em nota assinada conjuntamente, o presidente e vice-presidente do Senado Federal, respectivamente senadores Davi Alcolumbre e Antônio Anastaia, pediram responsabilidade ao presidente.

Secretários de Saúde do Nordeste se disseram estarrecidos e a Sociedade Brasileira de Infectologistas também criticou o discurso de Bolsonaro. Além de parlamentares do Congresso Nacional. Para a maioria, a fala do presidente foi irresponsável e até criminosa.

Nas redes sociais, a maioria dos comentários foi contra o discurso de Bolsonaro, embora algumas poucas pessoas também o tenham defendido.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...