Coronavírus

Enfermeira potiguar morre por complicações da Covid-19 no Ceará

No dia 9 de dezembro, ela havia perdido a mãe, Ivone Gurgel, de 73 anos, para a mesma doença

A enfermeira Suely Veras Gurgel, de 40 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (12), por complicação causadas pela Covid-19. A mãe dela, Ivone Gurgel, de 73 anos, também faleceu vítima da doença, no dia 9 de dezembro.

Natural de Felipe Guerra, a enfermeira começou a sentir sintomas como cansaço e dores de cabeça no dia 16 de novembro.

De acordo com familiares, ela fez o teste na UPA do bairro Belo Horizonte, referência no atendimento a pacientes com Covid-19 em Mossoró, e teve resultado positivo.

No dia 23 de novembro, o estado de saúde dela se agravou, foi atendida na UPA e de lá encaminhada para o Hospital São Luiz, onde ficou internada.

De acordo com os familiares, ela precisava de um equipamento conhecido como ECMO, que funciona como pulmão artificial.

Como não existia o equipamento em Mossoró, o local mais próximo que a família conseguiu foi em Fortaleza, no Ceará, que fica a cerca de 240 km do município potiguar.

No dia 13 de dezembro, ela foi transferida para o Hospital Regional de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, na capital cearense. Porém, o quadro agravou e ela faleceu nesta terça-feira (12).

Por causa da pandemia, não haverá velório.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...