No IFRN

Deputado quer colocar tropas federais contra estudantes

General Girão classificou manifesto dos alunos como ato de vandalismo;

Responsável por indicar o professor Josué Moreira de Oliveira como reitor pró tempore do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), o deputado potiguar General Girão (PSL) está propondo uma medida polêmica a ser adotada no órgão.

O parlamentar enviou ofício ao ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, solicitando o envio de tropas federais “para prover a segurança das instalações do IFRN em Natal”.

General Girão, acusado de usar verba de gabinete para financiar atos antidemocráticos, classificou o manifesto pacífico realizados pelos estudantes do IFRN, na última terça-feira, como “atos de vandalismo” e que para ele “tem colocado em risco não somente o patrimônio, como também as pessoas que trabalham no IFRN”.

Ainda de acordo com o deputado, uma das pessoas que correm risco é o reitor pró tempore Josué Moreira. Foi Moreira quem convocou policiais militares e federais para agir de forma violenta contra os estudantes.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...