Sem receita

Deputado potiguar aciona Justiça por venda livre de ivermectina

Albert Dickson anuncia que impetrou ação contra a Agência Nacional de Vigilância Sanitária

O deputado estadual Albert Dickson (PROS/RN) informou, por meio de vídeo publicado em suas redes sociais, que impetrou ação judicial contra a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por esta ter proibido a comercialização do medicamento ivermectina sem prescrição médica.

A venda do fármaco aumentou depois que surgiram informações, não confirmadas por autoridades médicas, de que ele serviria para combater os efeitos da Covid-19. O deputado quer que o medicamento volte a ser vendido sem prescrição médica.

“Hoje, demos entrada com uma ação popular, nossa e do nosso mandato, contra a Anvisa por ela ter instituído restrição à venda da ivermectina”, informou o deputado, apresentando seus argumentos para a ação.

Segundo o parlamentar, ivermectina é um antiparasitário. “Não se proíbe venda de antiparasitário que inclusive pode ser comprado até sem receita médica”, justificou, acrescentando que os números da Covid-19 em Natal caíram em razão do uso do medicamento. Para Dickson, a medicação talvez seja a “única aparente solução no meio dessa guerra”.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...