Contaminação

Covid-19 atinge servidores e presos do sistema penitenciário

Dados do Comitê de Crise Covid-19 da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária apontam maior incidência entre trabalhadores

O sistema penitenciário potiguar tem pelo menos 267 notificações relacionadas à pandemia da Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus). Os dados do Comitê da Crise Covid-19 da Secretaria Estadual de Administração Penitenciário do Rio Grande do Norte apontam que a doença atinge mas os servidores do sistema do que os presos.

Das 267 notificações, 182 se referem aos trabalhadores do sistema prisional estadual, sendo 29 casos confirmados e 68 suspeitos. Dos servidores, 85 compõem o grupo de risco e que estão em teletrabalho.

Dos servidores com suspeita de contaminação, 5 são da Cadeia Pública de Natal, 7 da Cadeia Pública Dinorá Simas Lima Deodato, 12 do Complexo Penal Estadual Agrícola Dr. Mário Negócio (Mossoró), 12 da Penitenciária Estadual de Parnamirim e 5 da Penitenciária Estadual do Seridó. Os demais casos são de funcionários das demais unidades prisionais potiguares.

Já os casos confirmados da Covid-19 entre os servidores do sistema prisional estão concentrados na Cadeia Pública de Caraúbas (1), Cadeia Pública de Mossoró (4), Cadeia Pública Nominando Gomes da Silva (2), Central de Monitoramento Eletrônico – CEME (2), Complexo Penal Estadual Agrícola Dr. Mário Negócio (10), Complexo Penal João Chaves – Feminino (3), Penitenciária Estadual de Parnamirim (2), Sede do Grupo de Escolta Prisional – GEP/Natal (3), Gabinete de Segurança Institucional (1) e COEAP (1).

As notificações relacionadas aos presos somam 85, sendo 25 casos confirmados e 60 suspeitos. Os casos confirmados estão entre os presos da Penitenciária Estadual. Dr. Francisco Nogueira Fernandes – Alcaçuz (6), Cadeia Pública de Mossoró (10), Cadeia Pública Dinorá Simas Lima Deodato (3) e Complexo Penal Estadual Agrícola Dr. Mário Negócio (6).

Os presos com suspeita de contaminação estão na Cadeia Pública de Caraúbas (1), Penitenciária Estadual Dr. Francisco Nogueira Fernandes – Alcaçuz – (1), Cadeia Pública de Mossoró (5), Cadeia Pública Dinorá Simas Lima Deodato (3), Central de Recebimento e Triagem (5), Centro de Detenção Provisória de Parnamirim Feminino (2), Complexo Penal Estadual Agrícola Dr. Mário Negócio (41), Penitenciária Estadual do Seridó (2).

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...