Paralisação

Correios poderão entrar em greve em 4 de março

Funcionários lutam contra a privatização da empresa e contra o aumento abusivo no custeio do plano de saúde

Os funcionários dos Correios poderão paralisar suas atividades em todo o país a partir do próximo dia 4 de março. Decisão foi tomada pelos trabalhadores em assembleia realizada nesta quinta-feira, em todos os Estados brasileiros.

De acordo com Alexsandro Gomes, diretor executivo do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios, Telégrafos e Similares do Estado do Rio Grande do Norte), uma nova assembleia acontecerá dia 3 de agosto e se até lá não houver mudança de cenário, os trabalhadores paralisarão as atividades.

Alexsandro Gomes destaca que os funcionários dos Correios lutam contra a privatização da empresa e contra o aumento abusivo no custeio do plano de saúde.

No Rio Grande do Norte, as assembleias acontecerão na sede, em Natal, com a primeira chamada às às 18h e a segunda às 18h30; a ainda na subsede de Mossoró, com primeira chamada às 17h30 e a segunda às 18h.

Notícias semelhantes