Mossoró

Conselho Municipal de Educação quer esclarecimentos sobre aulas no contraturno

Colegiado afirma que não foi convocado para a audiência em que houve a recomendação do Ministério Público

O Conselho Municipal de Educação solicitou audiência ao Ministério Público para que o órgão apresente ao colegiado maiores esclarecimentos sobre a sua decisão de permitir que os professores da rede municipal de ensino de Mossoró, que fizeram greve entre março e abril deste ano, possam repor as mencionadas aulas no contraturno.

A Secretaria Municipal da Educação só aceita que as aulas sejam repostas nos dias do calendário elaborado pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM) e homologado pelo Conselho Municipal de Educação. O Ministério Público, atendendo pedido do Conselho Escolar da Escola Municipal José Benjamim, aceitou que as aulas possam ser repostas no contraturno (veja aqui).

De acordo com a prefeitura, o Conselho Municipal de Educação quer mais “esclarecimentos sobre a recomendação, tendo em vista que não houve convocação do conselho e nem da atual diretora da escola, responsável pela administração da instituição a qual as servidoras pertencem”.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...