Cultura

Conheça os filmes vencedores do 4ª Curta Caicó

O festival vem se consolidando como uma importante vitrine de exibição e fomento ao cinema nacional.

Foram anunciados neste domingo, os vencedores da quarta edição do Curta Caicó, que aconteceu em formato híbrido, com atividades online e presenciais. Realizado no interior do Rio Grande do Norte, o festival vem se consolidando como uma importante vitrine de exibição e fomento ao cinema nacional.

A cerimônia de premiação do Curta Caicó 2021, realizada no canal do YouTube do festival revelou, além dos vencedores das mostras competitivas, honrarias especiais como: Prêmio da Crítica, formado por membros da ACCiRN, Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Norte, e da ACCIRS, Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul; Prêmio Mistika de pós-produção; Prêmio Elo Company ; Prêmio do Centro Técnico Audiovisual; Prêmio Cardume; e Júri Popular.

Anualmente, o Curta Caicó concede o Prêmio Referência de Contribuição Artística a personalidades ou movimentos que contribuem para o desenvolvimento do cinema regional e nacional. Nesta edição, os homenageados são: a atriz Zezita Matos, pelo conjunto da obra; e o empresário aposentado Biró Modesto, sendo sua família responsável pela construção do antigo Cinema São Francisco.

O Curta Caicó é uma realização da Referência Comunicação. O festival contou com patrocínio do Governo do RN, Fundação José Augusto, Programa Cultural Câmara Cascudo, Eletrocenter, Slup Sorvetes e TIM MC Telecom; com apoio do SESC, SEBRAE, Replac e Inplarn; e apoio cultural da Elo Company, Místika, Centro Técnico do Audiovisual, Cardume, UERN, ACCIRN, ACCIRS, IFRN, InterTV Cabugi e TV Universitária.

Mostra Nacional

Filme: Inabitável, de Matheus Farias e Enock Carvalho (PE)

Direção: Matheus Farias e Enock Carvalho, por inabitável (PE)

Roteiro: Matheus Farias e Enock Carvalho, por Inabitável (PE)

Fotografia: Gustavo Pessoa, por Inabitável (PE)

Som: Guilherme Cássio, por Tom (RS)

Interpretação masculina: César Ferrario, por Joana (PB)

Interpretação feminina: Luciana Souza, por Inabitável (PE)

Menção honrosa: Elemento Suspeito, de Gustavo Paixão (SP)

Menção Honrosa: Reexisto, de Lethicia Galo e Rodrigo Campos (SP)

Mostra Seridó:

Filme: Fole, de Lourival Andrade (RN)

Direção: Lourival Andrade, por Fole (RN)

Roteiro: Jailson Valentim dos Santos, por Corpos (In)visíveis – Entre o Lixão e o Frei Damião (RN)

Fotografia: Fernando Leão e Zezinho Vídeo, por Fole (RN); e Damião Paz, Henrique José e Meysa Medeiros, por O Photógrafo Zézelino (RN)

Som: Fernando Leão e Pedro Andrade, por Fole (RN)

Interpretação masculina: Mané do Fole, por Fole (RN); e Damião Paz, por O Photógrafo Zézelino. (RN)

Interpretação feminina: Maria das Graças (Gracinha), por Propósito (RN)

Menção Honrosa: Cores da Resistência, de Hylka Rachel (RN)

Mostra Potiguar

Filme: Vai Melhorar, de Pedro Fiúza (RN)

Direção: Pedro Fiúza, por Vai Melhorar (RN)

Roteiro: Pedro Fiúza, por Vai Melhorar (RN)

Fotografia: Pedro Medeiros, por A Terra me disse (RN)

Som: Herisson Pedro, por Nocaute (RN)

Interpretação masculina: Enio Cavalcante, por Mais um João e pelo conjunto da obra (RN)

Interpretação feminina: Cássia Damasceno, por Vai Melhorar (RN)

Mostra Nordeste

Filme: Remoinho, de Tiago A. Neves (PB)

Direção: Élcio Verçosa Filho, por Vaudeville (AL)

Roteiro: Tiago A. Neves, por Remoinho (PB)

Fotografia: Diego Garcia, por Vaudeville (AL)

Som: Richard Soares, por Memórias Submersas (PE)

Interpretação masculina: Alexandre Guimarães, por Vaudeville (AL)

Interpretação feminina: Cely Farias, por Remoinho (PB)

Menção Honrosa: A Beleza de Rose, de Natal Portela (CE)

Júri da Crítica: ACCIRN e ACCIRS

Mostra Nacional: Fragmentos ao Vento: 1945, de Ulisses da Mota (RS)

Mostra Nordeste: Vaudeville, de Elcio Verçosa Filho (AL)

Mostra Potiguar: Hashtag, de Kell Allen (RN)

Mostra Seridó: Propósito, de Adriano Dantas (RN)

Mostra Cine Alvorada: Sobre nossas cabeças, de Suzan Kalik e Thiago Gomes (BA)

Mostra Cine Pax: Rio das Almas e Negras Memórias, de Taize Inácia e Thaynara Rezende (GO)

Mostra Cine São Francisco: Atordoado, eu permaneço atento, de Henrique Amud e Lucas Rossi (RJ)

Mostra Cine Rio Branco: Mãtãnãg, A Encantada, de Shawara Maxakali e Charles Bicalho (MG)

Mostra Sessão Especial: Cabeça de Luz, de Carito Cavalcanti e Fernando Suassuna (RN)

Júri Popular

Mostra Nacional: De mim para você, de Rodrigo Peres (DF)

Mostra Nordeste: Distopia, de Lilih Curi (BA)

Mostra Potiguar: Hashtag, de Kell Allen (RN)

Mostra Seridó: Propósito, de Adriano Dantas (RN)

Mostra Cine Alvorada: 4 Bilhões de Infinitos, de Marco Antonio Pereira (MG)

Mostra Cine Pax: Rio das Almas e Negras Memórias, de Taize Inácia e Thaynara Rezende (GO)

Mostra Cine São Francisco: Elos Positivos, de Eduardo Oliveira (SP)

Mostra Cine Rio Branco: Como um peixe fora d´água, de Arthur Lombriga (BA)

Mostra Sessão Especial: Cine Aurélio, de Kennel Rogis (PE)

Prêmios Especiais

Prêmio de Aquisição Elo Company: Inabitável, de Matheus Farias e Enock Carvalho (PE)

Prêmio Cardume: Ser Feliz no vão, de Lucas Hossi (RJ); e O Homem das Gavetas, de Duda Rodrigues (SP)

Prêmio Místika de Pós-Produção: Vai Melhorar, de Pedro Fiúza (RN)

Prêmio CTAV de Mixagem de som: Vai Melhorar, de Pedro Fiúza (RN)

Prêmio Referência de Contribuição Artística: Zezita Matos e Biró Modesto.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support