Rede privada

Clínica pede 15 dias para corrigir receituário

Médico prescreve medicamento com apresentação que não existe, e paciente vai ter que esperar duas semanas por nova receita

Uma clínica da rede privada de saúde de Mossoró, que promete rapidez em seu atendimento, está envolvida em uma situação no mínimo contraditória. É que um médico prescreveu um medicamento errado para um paciente e o prazo dado pela clínica Amor Saúde para emissão de uma nova receita foi de duas semanas.
Após esperar horas por uma consulta com hora marcada, o paciente foi atendido na tarde de segunda-feira (08) pelo médico Eliezer Laurindo, que prescreveu alguns medicamentos e exames após avaliação de poucos minutos.
Ao chegar à farmácia, o paciente foi informado que a apresentação de um dos medicamentos prescritos não existe. O médico prescreveu um medicamento com dosagem de 50mg, mas no mercado só existe de 25mg e 100mg. O paciente não conseguiu comprar o remédio e, consequentemente, iniciar o tratamento.
Nesta terça-feira (09), o paciente voltou à clínica Amor Saúde para solicitar uma nova receita, com a apresentação correta do medicamento, só que foi informado que será preciso esperar até o dia 22 de fevereiro, quando o médico Eliezer Laurindo da Silva vai voltar a atender no local.
O paciente procurou a clínica particular e não o serviço público por ter pressa no atendimento. Mas vai ter que esperar por duas semanas para uma simples troca de receita, numa clinica que tem como slogan “Atendimento médico e odontológico rápido”.
O Portal do RN tentou falar com a direção da clínica para que esta explicasse o porquê de uma demora tão grande para resolver algo simples. A atendente informou que o diretor não se encontrava no momento. Até o fechamento desta matéria (10h desta quarta-feira, 10/2) não houve retorno.

NOTA DA REDAÇÃO – Nesta sexta-feira, 12/2, a assessoria da AmorSaúde contatou nossa redação para esclarecer o que ocorreu. Veja neste link a versão da empresa.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...