Justiça Eleitoral

Allyson Bezerra é condenado por divulgar fake news

Candidato do Solidariedade divulgou que estaria em primeiro lugar em pesquisa, embora esteja atrás da prefeita Rosalba Ciarlini na disputa

O candidato a prefeito de Mossoró pelo Solidariedade (SDD), Allyson Bezerra, foi condenado pela Justiça Eleitoral por divulgar fake news (notícia falsa). Allyson divulgou em seu material de campanha nas redes sociais, que estaria em primeiro lugar em pesquisa feita pelo Instituto AgoraSei e divulgada pela Rádio Difusora.

Na realidade, a prefeita e candidata à reeleição, Rosalba Ciarlini, do Partido Progressistas (PP) está em primeiro lugar na referida sondagem. Rosalba tem 33,8% das intenções de votos e Alysson Bezerra, 33,5%. Eles estão empatados tecnicamente, embora pelos números apresentados, o primeiro lugar seja da atual prefeita.

De acordo com decisão da magistrada Giuliana Silveira, da 33ª Zona Eleitoral, Allyson Bezerra terá que retirar de suas redes sociais a informação falsa de que estaria em primeiro lugar na disputa. O descumprimento da decisão acarretará na imputação de multa no valor de R$ 5 mil.

Em sua sentença, Giulina Silveira ressaltou que “no presente caso, resta patente que a conduta do representado, ao atribuir a si próprio, em postagens nas redes sociais, um suposto primeiro lugar em pesquisa eleitoral recentemente divulgada, valendo-se, inclusive, de letras garrafais e de uma certa arte publicitária para tanto, buscou verdadeiramente incutir, na cabeça do eleitorado coletivo, uma informação despida de verdade quanto a um dado objetivo e na visível intenção de confundir a todos, provocando, por assim dizer, uma sensível alteração artificial no estado emocional não só de seus eleitores, mas também no de seus adversários.”

Na prática, a decisão aponta que Allyson Bezerra se valeu de informação mentirosa na tentativa de enganar aos eleitores. O candidato foi citado nesta terça-feira, 3/11 e tem 24 horas para fazer a retirada de todas as postagens em que fez uso do artifício para confundir o eleitorado.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...