Levantamento

81% das infecções de Covid-19 são de casos leves

Estado oferece capacitação para melhorar atendimento nos municípios, que deve prestar assistência à maioria das notificações

Levantamentos epidemiológicos da pandemia da Covid-19 mostram que 81% dos infectados têm casos leves e devem ser tratados na atenção primária à saúde, serviço de responsabilidade dos municípios.

Nesse sentido, além da ampliação de leitos – que já somam mais de 500 entre UTIs e clínicos – o Governo do Estado realiza um conjunto de qualificações e capacitação de pessoal para a rede pública hospitalar.

Atualmente está sendo realizado curso de qualificação em manejo respiratório em dez unidades hospitalares. “A atenção primária à saúde é fundamental dentro do processo de fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS)”, afirmou Maura Sobreira, subsecretária de planejamento e gestão da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).
Maura Sobreira explicou que o Governo estadual articula e coordena as ações da política estadual de saúde e oferece capacitação aos municípios. “Para prestar um melhor serviço público de saúde, é importante fortalecer a atenção primária, que é prestada pelos municípios”.

Ainda no apoio às prefeituras municipais, o Governo do RN firmou parceria com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS), da UFRN, para lançar edital para curso de especialização em Saúde da Família com a finalidade de capacitar 720 profissionais da atenção primária nos municípios.

A administração estadual também está contratando temporariamente 20 profissionais em vigilância sanitária para reforçar as ações em todas as regiões. Há também esforço no aumento da testagem – mais de 150 mil testes sorológicos e moleculares já foram realizados – para acompanhar a situação real da pandemia no RN.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...