Volta para o esquecimento, Milton 

*Por Márcio Alexandre

Na noite de terça-feira, 20/7, o Brasil descobriu que tem um ministro da Educação. Ou que pelo menos tem alguém que se apresenta como tal. Pela falta de ação da pasta sob sua responsabilidade e pelo discurso agressivo, difícil não pensar que era Bolsonaro quem estava em rede nacional intimando os profissionais da educação a voltarem para as atividades escolares presenciais. Milton Ribeiro, o suposto ministro, encarna como ninguém aquele boneco manipulado por uma pessoa.

Não é difícil imaginar que o texto lido desconfortavelmente por Ribeiro tenha sido escrito pelas mesmas pessoas que criam os discursos presidenciais. É o mesmo tom intimidatório. É a mesma fuga das responsabilidades. O mesmo desejo de colocar as pessoas para arriscar suas vidas na pandemia. Enfim, é a mesma crônica de um desgoverno de caos.

Entre as sandices lidas por Ribeiro no teleprompter, nada mais bolsonarianismo do que ele dizer que se “tivesse poder já teria obrigado” as unidades de ensino a retomarem suas atividades escolares presenciais. Ditatorial. Deprimente. Vergonhoso.

O mesmo Milton Ribeiro que não articulou ações educacionais de enfretamento à covid ou de apoio às escolas para tal enfrentamento, acredita que pode sair do anonimato para se apresentar como autoridade apta a exigir a volta. Volta, Milton Ribeiro. Volta para onde ninguém lembra de você.

RESULTADO PREVISÍVEL

Grupos antivacinas, aquele pessoal idiotizado que acredita em tudo que chega no grupo de zap, tem sido responsáveis pelos aumentos de casos de covid. Na França, por exemplo, tem sido assim.

ARAS DE NOVO

O genocida Bolsonaro indicou o atual procurador-geral da República para seguir por mais um mandato à frente do Ministério Publico Federal (MPF). Aras, que só faz o que Bolsonaro quer, precisa ser barrado pelo Senado. É o mínimo que deve ser feito com alguém tão capacho de criminoso.

RETORNO EM MOSSORÓ

Há informações de que as aulas na rede municipal de ensino de Mossoró retornam em setembro de forma presencial. Acredito que a expectativa da Secretaria Municipal de Educação é que até lá todos os profissionais da educação já estejam completamente imunizados. Tentamos confirmar essa informação junto ao órgão, mas ainda não obtivemos resposta.

FÁBIO FAKE

E o deputado licenciado Fábio Faria (PSD/RN), atual ministro das Comunicações, está na lista de políticos que espalharam fake news sobre a covid. O levantamento foi feito pela CPI da Pandemia. Cada dia, Fabio envergonha ainda mais o RN.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...